Luizomar valoriza trabalho do técnico formador em palestra

Treinador do Vôlei Nestlé fala para 200 profissionais de educação física em seminário na cidade de Lages / Foto: Divulgação/ZDLTreinador do Vôlei Nestlé fala para 200 profissionais de educação física em seminário na cidade de Lages / Foto: Divulgação/ZDL

Santa Catarina – Responsável pelo garimpo de estrelas do nível de Tandara e Natália, Luizomar de Moura é um defensor do trabalho do profissional de educação física e do chamado técnico formador no desenvolvimento de atletas. Este foi o principal tópico da palestra ministrada pelo treinador do Vôlei Nestlé nesta quarta-feira, dia 17 de janeiro, na cidade de Lages, Santa Catarina, onde sua equipe busca uma vaga na final da Copa Brasil contra o Sesc/RJ nesta quinta-feira, dia 18, a partir das 21h30, no ginásio Jones Minosso, com transmissão do Sportv.
 
Luizomar participou do Seminário Interdisciplinar de Voleibol, ação promovida pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) que reúne os treinadores das quatro equipes participantes da Copa Brasil e ainda o técnico da seleção brasileira masculina, Renan Dal Zotto. O seminário é voltado para estudantes e profissionais de educação física e treinadores de toda a região e termina nesta quinta, dia 18, no auditório da Associação Comercial e Industrial de Lages (Acil).
 
Em uma concorrida palestra para cerca de 200 profissionais da área, Luizomar começou abordando aspectos da própria história. Contou como a educação física escolar influenciou em sua decisão de ser atleta e como transformou um jogador de vôlei ‘mediano’, segundo suas próprias palavras, em um dos treinadores mais vitoriosos do Brasil. “No início, fui selecionado para o time B da escola, mas não desisti. Ia ao treino do time A e aplicava em casa tudo o que via. De tanto aparecer no ginásio, o professor me chamou para treinar e meu esforço garantiu uma vaga no time”, contou.
 
“Tempos depois, já atleta, ouvi de um treinador que minha maior qualidade era o entusiasmo. Na época, não gostei, mas depois, percebi a importância dessa característica como líder. É o que tenho aplicado em meu trabalho, seja com meus companheiros ou minhas atletas, guiando e incentivando na conquista de seus sonhos”, completou.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook