Taubaté visita o Maringá neste sábado pela Superliga Masculina de Vôlei

Equipe do EMS Taubaté tenta melhorar classifição na superliga / Foto: Rafinha Oliveira / EMS Taubaté FunvicEquipe do EMS Taubaté tenta melhorar classifição na superliga / Foto: Rafinha Oliveira / EMS Taubaté Funvic

Paraná - Depois de começar o ano com vitória na última terça-feira, dia 9 de janeiro, pela Copa do Brasil de Vôlei, a equipe da EMS Taubaté Funvic volta a entrar em quadra pela sequência da Superliga Masculina. Neste sábado, dia 13, os taubateanos visitam o Copel Telecom Maringá (PR), pela 13ª rodada da competição, jogo válido pelo returno.
 
Ocupando a 4ª posição da Superliga atualmente, a EMS Taubaté Funvic contabiliza 9 vitórias e 3 derrotas em 12 partidas disputadas, somando 25 pontos. O Copel Telecom Maringá (PR) é o lanterna da Superliga, tendo perdido todos os seus 12 jogos disputados até agora.
 
No confronto entre os dois times no primeiro turno da Superliga, vitória tranquila da EMS Taubaté Funvic por 3 sets a 0, no ginásio do Abaeté em Taubaté.
 
Apesar da má campanha do adversário, para o treinador Daniel Castellani a partida tem uma destacada importância. “Nossa vitória contra o Minas pela Copa do Brasil foi importante porque não é fácil entrar em ritmo de jogo depois de mais de 15 dias parado. Mas o time respondeu bem em quadra, e o jogo em Maringá tem a mesma importância. Temos trabalhado para corrigir erros, e o quero do time é um jogo equilibrado, impondo nossa proposta e sempre mantendo o controle da partida.”, destacou o técnico taubateano.
 
A EMS Taubaté Funvic, em caso de vitória, chegará aos 28 pontos e retomaria assim a 3ª posição. Para isso, precisa torcer contra o SESI-SP, 3º colocado, que enfrentará nesta rodada o Ponta Grossa Caramuru (PR).
 
Para o experiente Dante, o começo de ano é o momento para que a equipe taubateana reencontre seu melhor jogo. “A pausa para festas foi importante e agora é momento de colocarmos em prática nosso melhor jogo. Essa maratona, com Copa do Brasil e Superliga tem seu lado bom, pois nos mantém no foco para vencer e acima de tudo jogar bem. Precisamos chegar lá e fazer nosso jogo e somar os pontos, um degrau de cada vez, e assim buscarmos brigar pela liderança novamente”, comentou.
 
Desfalques: O único desfalque certo do Taubaté é do ponteiro Lucarelli, que segue se recuperando de uma lesão no tendão calcâneo. Os demais atletas estão à disposição do treinador Daniel Castellani.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook