Vôlei Nestlé bate o São Cristóvão de virada

Vibração de Carol Albuquerque / Foto: João Neto / FotojumpVibração de Carol Albuquerque / Foto: João Neto / Fotojump

São Paulo – O ano de 2018 começou em alta para o Vôlei Nestlé. Na retomada da Superliga, a equipe de Osasco bateu, de virada, o São Cristóvão por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 25/23, 25/18 e 25/18. Na partida desta terça-feira, dia 9 de janeiro, no ginásio José Liberatti. Destaque para a levantadora Carol Albuquerque, que ganhou o VivaVôlei como a melhor em quadra. A maior pontuadora foi a peruana Angela Leyva, com 20 acertos.
 
Com o troféu nas mãos, Carol falou sobre a importância de começar 2018 com o pé direito individual e coletivamente. “É sempre muito bom começar o ano com uma energia boa, e esse prêmio é uma motivação a mais, pois sei que o meu papel é entrar no jogo e ajudar o time. Fico feliz por ter conseguido e, mais importante, que conquistamos os três pontos”, afirmou a levantadora, que completou. “Sabíamos que seria uma partida muito difícil. Elas vieram soltas, sem responsabilidades, pois o favoritismo era nosso e meteram a mão no saque desde o início. Demoramos um pouco para encontrar nosso ritmo. Mas aos poucos fomos achando o nosso jogo e todo mundo que entrou contribuiu para a vitória.”
 
Lorenne ganhou a vitória sobre o São Caetano como presente de aniversário. A oposta completou 22 anos nesta segunda-feira, dia 8, e teve papel importante na vitória. Sem Tandara, ela entrou no segundo set e contribuiu com 10 pontos. “Foi um ótimo presente de aniversário. Acho que minha atuação podia ter sido um pouco melhor, mas nesse momento está bom. Eu não estava conseguindo jogar muito bem, entrava nervosa em quadra, mas nesta noite fluiu e vou tentar melhorar a cada treino e crescer a cada jogo.”
 
Luizomar comentou as dificuldades e celebrou a vitória em casa. “Do outro lado tínhamos um adversário que já no primeiro turno fez um grande jogo contra a gente. Saímos com os 3 pontos, e isso foi mais importante, principalmente se levarmos em conta que perdemos o set inicial e saímos de um 18/21 no segundo set para ganhar por 3 a 1. Fico feliz pela virada e vamos em frente, porque ainda temos praticamente todo o segundo turno”, analisou, para complementar.
 
O treinador também elogiou Carol Albuquerque. “A Carol é uma jogadora que dispensa comentários pela importância e a qualidade. É uma campeã olímpica que nos ajuda muito no jogos e no dia a dia. Ela se prepara para realmente socorrer o time, quando necessário. Foi assim no primeira partida semifinal da Superliga no ano passado, quando não pudemos contar com a Dani Lins. E hoje a entrada dela foi determinante.”
 
Em terceiro lugar na Superliga, a equipe de Osasco conquistou a terceira vitória consecutiva e manteve 100% de aproveitamento no returno da Superliga. O próximo compromisso será nesta sexta-feira, dia 12, contra o Pinheiros, no ginásio do adversário. O jogo será às 21h30, com transmissão do Sportv.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook