Vôlei Nestlé luta por vaga na semifinal da Copa do Brasil contra Hinode Barueri

Equipe de Osasco recebe o adversário nesta sexta-feira (15) e conta com a força da torcida no José Liberatti para vencer a partida válida pelas quartas de final da competição / Foto: João Pires/FotojumpEquipe de Osasco recebe o adversário nesta sexta-feira (15) e conta com a força da torcida no José Liberatti para vencer a partida válida pelas quartas de final da competição / Foto: João Pires/Fotojump

São Paulo - O Vôlei Nestlé enfrenta o Hinode Barueri nesta sexta-feira (15), a partir das 19h30, no ginásio José Liberatti, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Tandara, Bia e cia. lutam pela vitória e a consequente classificação para a semifinal. Campeão 2008 e 2014, o time de Osasco busca o tricampeonato. A fase decisiva da competição será nos dias 18 e 19 de janeiro de 2018, na cidade de Lages, Santa Catarina.
 
No último confronto entre as duas equipes no José Liberatti, o Vôlei Nestlé conquistou o hexacampeonato estadual. “Jogar em casa é sempre uma vantagem para nós, pois a torcida empurra nosso time o tempo todo, sempre nos incentivando e fazendo a diferença. Esperamos um jogo difícil contra o Hinode Barueri e contar com a força dos torcedores será muito importante”, avalia a ponteira Mari Paraíba.
 
As quartas de final da Copa do Brasil são disputadas em turno único pelos oito primeiros colocados no primeiro turno da Superliga, o que não deixa margem para erro. Em terceiro lugar, a equipe de Osasco recebe o Hinode, porque o time de Barueri terminou o primeiro turno na sexta colocação. “Seguimos trabalhando para diminuir o número de erros e esperamos colocar nossa evolução em prática nesta sexta-feira. É uma competição importante e vamos lutar para conquistar a classificação”, garante Tandara.
 
Vôlei Nestlé e Hinode terão ‘rodada dupla’ em competições diferentes, o que não é novidade para os dois clubes. Após vencer o time de Barueri no Golden Set e conquistar o hexacampeonato estadual dia 13 de outubro, a equipe de Osasco voltou a enfrentar o mesmo adversário quatro dias depois, na estreia da Superliga 2017/18 (vencendo por 3 sets a 1). Agora, duelam pela Copa do Brasil nesta sexta-feira no Liberatti, para voltar ao mesmo ginásio na terça-feira (19), para a abertura do segundo turno da Superliga.
 
Bicampeão - Criado em 2007 pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), a Copa do Brasil teve seis edições até hoje. Osasco venceu duas. Em 2008, com patrocínio do Finasa, derrotou São Caetano/Blausiegel por 3 a 2, com parciais de 25/21, 18/25, 25/21, 19/25 e 15/12, em 2h03 de uma emocionante final, no Ginásio do Círculo Militar do Paraná, em Curitiba. Em 2014, com patrocínio da Nestlé e adotando o nome Molico, ganhou o segundo título da competição ao bater o Sesi por 3 a 1, parciais de (21/19, 21/16, 22/24 e 21/17), no Ginásio Chico Neto, em Maringá, novamente no Paraná.
 
Todos os confrontos - A quarta edição da Copa Brasil 2018 será disputada pelas oito melhores equipes do primeiro turno da Superliga 2017/2018. Além de Vôlei Nestlé/Osasco x Hinode Barueri, os confrontos da fase classificatória são: Dentil Praia Clube x São Cristóvão Saúde/São Caetano, em Uberlândia (MG), Sesc/RJ x Pinheiros, no Rio de Janeiro (RJ), e Camponesa/Minas x Fluminense, em Belo Horizonte (MG).
 
Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook