Vôlei Nestlé e Sesc fazem o maior clássico nacional nesta sexta (8)

Equipe de Osasco recebe rival do Rio de Janeiro em partida marcada para as 21h45, com transmissão do Sportv 2. Retrospecto recente é favorável para Tandara e cia., que bateram o adversário no confronto anterior disputado no ginásio osasquense / Foto: João Pires/FotojumpEquipe de Osasco recebe rival do Rio de Janeiro em partida marcada para as 21h45, com transmissão do Sportv 2. Retrospecto recente é favorável para Tandara e cia., que bateram o adversário no confronto anterior disputado no ginásio osasquense / Foto: João Pires/Fotojump

São Paulo - O Vôlei Nestlé recebe o Sesc/Rio de Janeiro para o maior clássico do vôlei feminino do Brasil nesta sexta-feira (8), a partir das 21h45, no ginásio José Liberatti. A partida vale pelo encerramento do primeiro turno da Superliga 2017/18 e coloca frente a frente o segundo e o terceiro colocados da competição. O Sportv 2 transmite o confronto.
 
Na classificação da Superliga 2017/18, o Vôlei Nestlé ocupa a terceira posição, com 21 pontos, logo atrás das cariocas, que somam 26. Uma vitória nesta sexta-feira põe a equipe de Osasco mais perto da briga pela vice-liderança. Se ganhar por 3 sets a 0 ou 3 a 1, reduzirá a diferença para apenas dois pontos.
 
O fator Liberatti é sempre uma vantagem para o Vôlei Nestlé, que contará com o apoio de sua fanática torcida, pois são esperadas mais de 4 mil pessoas no ginásio. O retrospecto recente é favorável para as donas da casa. No confronto anterior em Osasco, dia 12 de dezembro de 2016, pela fase de classificação da Superliga da temporada passada, o Vôlei Nestlé ganhou por 3 sets a 2, com direito a show de Tandara, com 32 pontos marcados e troféu VivaVôlei como a melhor em quadra.
 
Maior pontuadora da Superliga, com 206 acertos, Tandara espera mais um jogo disputado da primeira à última bola. “É o maior clássico do vôlei feminino brasileiro e sempre cheio de rivalidade. São duas grandes equipes e precisamos estar ligadas o tempo todo, com foco total e respeito a nossa tática. Sei da minha responsabilidade e vou dar o máximo para ajudar minhas companheiras para, juntas, conseguir essa vitória tão importante”, atesta a atacante.
 
Mari Paraíba confia na força do grupo e no apoio da torcida. “A gente vem trabalhando forte a cada semana para o time ganhar mais consistência e diminuir os erros Nosso foco é errar cada vez menos, até porque o Sesc é uma equipe que costuma errar pouco e não podemos dar chances para elas. Agora é entrar em quadra e mostrar nos jogos o que temos feito nos treinos”, afirma a ponteira, que completa. “Precisaremos ter paciência e entrar concentradas, pois não vai ser fácil, mas estamos em crescimento e temos muita margem para evoluir ainda”.
 
A sérvia Nadja Ninkovic vai jogar seu primeiro clássico Osasco x Rio e vive a expectativa para estrear com vitória. “Enfrentei o Rio quando estava no Volero (da Suíça) e conheço a grande rivalidade entre os dois times aqui no Brasil. Sei que será uma grande partida e estou ansiosa para entrar em quadra. Temos todas as condições de vencer. Precisamos acreditar no nosso potencial, porque temos treinado muito nessa semana. Acredito que precisamos focar no nosso jogo, na nossa evolução. Se fizermos isso, temos tudo para ganhar. Além disso, contamos com o fator torcida, que sempre é um diferencial em casa”, avalia a central.
 
Estatística - O Vôlei Nestlé vem de uma vitória tranquila sobre o Sesi por 3 sets a 0, enquanto o Sesc perdeu para o Dentil/Praia Clube pelo mesmo placar. As mineiras lideram a Superliga com dez vitórias em dez partidas. O único set perdido pela equipe de Uberlândia foi justamente para o time de Osasco, que ganhou uma parcial, mas foi superado por 3 sets a 1.
 
Para isso, conta com a força de suas jogadoras. Segundo a estatística da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Tandara segue como a maior pontuadora no geral e também na porcentagem das parciais (206 pontos no total e 5,02 por set). A central Bia encabeça a lista das mais eficientes no bloqueio (42 pontos), enquanto a líbero Tássia é a segunda melhor no passe, com 71% de aproveitamento na recepção. No fundamento saque, Tandara aparece na vice-liderança, com 15 aces, e Nadja Ninkovic está em quarto, com 13.
 
Após o encerramento da décima rodada da Superliga, a CBV divulgou a nova formação do Time do Sonho do campeonato. O Vôlei Nestlé continua dominando a seleção das melhores da competição, com Tandara, Bia e Nadja Ninkovic se mantendo na lista. “O reconhecimento individual é bom, mas o importante é o nosso desempenho coletivo em prol de vitórias para o Vôlei Nestlé”, completa Tandara.
 
Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.
 
SUPERLIGA 2017/18
1º Turno
17/10 - Hinode Barueri 1 x 3 Vôlei Nestlé - Barueri
20/10 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Renata Valinhos Country – Osasco
31/10 - São Cristóvão Saúde/São Caetano 1 x 3 Vôlei Nestlé – São Caetano
03/11 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Pinheiros – Osasco
07/11 – Fluminense 3 x 2 Vôlei Nestlé  – Rio de Janeiro
10/11 – Vôlei Nestlé 3 x 0 BRB Brasília Vôlei – Osasco
14/11 – Vôlei Bauru 2 x 3 Vôlei Nestlé – Bauru
18/11 - Vôlei Nestlé 2 x 3 Camponesa/Minas – Osasco 
24/11 – Dentil/Praia Clube 3 x 1 Vôlei Nestlé – Uberlândia
30/11 – Sesi 0 x 3 Vôlei Nestlé – Santo André
08/12 – 21h45 - Vôlei Nestlé x Sesc/RJ – Osasco (Sportv)
 
SUPERLIGA 2017/18
2º Turno
19/12 – 21h30 - Vôlei Nestlé x Hinode Barueri – Osasco (Sportv)
22/12 – 20h - Renata Valinhos Country x Vôlei Nestlé – Valinhos
09/01 – 19h30 - Vôlei Nestlé  x São Cristóvão Saúde/São Caetano – Osasco
12/01- 19h30 - Pinheiros x Vôlei Nestlé – São Paulo
26/01 – 19h30 –Vôlei Nestlé x Fluminense  – Osasco
30/01 – 20h – BRB Brasília Vôlei x Vôlei Nestlé – Taguatinga
02/02 – 19h30 –Vôlei Nestlé x Vôlei Bauru – Osasco
07/02 – 20h - Camponesa/Minas x Vôlei Nestlé – Belo Horizonte 
16/02 – 19h30 –Vôlei Nestlé x Dentil/Praia Clube – Osasco
23/02 – 19h30 –Vôlei Nestlé x Sesi – Osasco
02/03 – a definir – 21h30 - Sesc/RJ x Vôlei Nestlé – Rio de Janeiro
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook