Corinthians-Guarulhos recebe Vôlei Renata em duelo de centrais e atacantes

Fora de quadra os números das duas equipes nestes cinco primeiros jogos da Superliga são próximos. Dentro de quadra, equilíbrio já foi visto nos jogos da semifinal do Campeonato Paulista deste ano / Foto: Bruno Teixeira/Corinthians-GuarulhosFora de quadra os números das duas equipes nestes cinco primeiros jogos da Superliga são próximos. Dentro de quadra, equilíbrio já foi visto nos jogos da semifinal do Campeonato Paulista deste ano / Foto: Bruno Teixeira/Corinthians-Guarulhos

São Paulo - Corinthians-Guarulhos e Vôlei Renata se enfrentam neste domingo, 12 de novembro às 21h (com transmissão do SPORTV) no Ginásio da Ponte Grande, em Guarulhos em duelo direto na tabela de classificação. As equipes entram na sexta rodada da competição nacional em sexto (Campinas) e sétimo (Corinthians-Guarulhos) lugares, respectivamente.
 
Com um início de Superliga igual (em 5 jogos foram 3 vitórias e 2 derrotas para cada lado), o time campineiro leva vantagem pela posição uma vez que não levou - até aqui - nenhum jogo para o tie break – ao contrário do alvinegro que em duas oportunidades venceu Minas e Montes Claros no quinto set.
 
Fora de quadra, os números também demonstram o quanto a partida entre Corinthians-Guarulhos e Vôlei Renata promete ser de fortes emoções: as estatísticas das equipes, copiladas pela CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) demonstra um equilíbrio na eficiência de ataque (32% para o Corinthians-Guarulhos e 36% para o Vôlei Campinas),  no saque (18 aces para o alvinegro e 17 para Campinas nas cinco primeiras rodadas) além da recepção de ambas as equipes também serem próximas: 41% do Corinthians-Guarulhos e 44% do Vôlei Renata.
 
No bloqueio vantagem para o alvinegro (45 pontos de bloqueio após cinco rodadas), enquanto o adversário campineiro tem apenas 26 pontos neste fundamento. E neste fundamento o melhor jogador do Corinthians-Guarulhos é o central Luizinho que já anotou 12 pontos nestas primeiras rodadas da Superliga. Do lado do Vôlei Renata, o jogador mais eficiente na rede é o central Vini, também com 12 pontos somados.
 
O camisa 19 afirma que, se as estatísticas demonstram um jogo equilibrado, as ações dentro de quadra precisam confirmar tal condição. "Será um jogo equilibrado como foi nos últimos encontros com eles. Nosso foco continua sendo a nossa forma de começar os jogos e a organização em momentos transitórios, como o contra-ataque. Acho que isso será a diferença ou "o fazer diferente" amanhã para buscar um resultado positivo.
 
Quem também faz a diferença na rede corinthiana é o central Sidão. Nos dois últimos jogos o camisa 9 foi titular e demonstrou o porquê de ser um dos atletas mais completos na sua posição. Para o jogador, as estatísticas são importantes para nortear as equipes no torneio, porém quando a bola sobe, isto é zerado.
 
“A estatística em um jogo de alto nível como este é sempre relativa, o jogo em si conto muito. E, independente se já jogamos contra eles na temporada, cada jogo é um jogo, volta tudo ao zero a zero”, argumentou.
 
Sidão acredita que por isso, o estudo constante é necessário e, melhorar as ações dentro das quatro linhas também. “Temos que pensar sempre em que podemos melhorar. Em diminuir os erros que estamos tendo: início de set, deixando a equipe adversária abrir três ou quatro pontos e, se a gente não deixar isso acontecer, fica muito mais fácil para nós. Nossa equipe tem um potencial de bloqueio muito grande, independente de eu estar ou não em quadra. Será um jogo muito difícil, com aquela máxima de que, quem errar menos no jogo de amanhã vai se dar melhor. Claro que temos a vantagem de jogar em casa, no ginásio que treinamos todos os dias, com a nossa torcida mas temos que pensar na nossa equipe e estudá-los constantemente. Por exemplo, no Paulista o Diego não jogou contra nossa equipe e é uma peça muito importante para eles na Superliga. Não podemos vacilar e entrar muito focado nessa partida que é muito importante, pois se vencer, passamos eles na tabela”, finalizou.
 
Outro duelo que promete ser emocionante é dos atacantes de ambas as equipes. Pelos números da CBV, o ponteiro Rogério Mineiro do Corinthians-Guarulhos iguala em pontos com o oposto Vissoto do Vôlei Renata: ambos têm 76 pontos após cinco rodadas de competição; Mineiro também é destaque na eficiência de ataque com 38% na estatística ao lado do ponteiro Diogo do time campineiro que tem 41% de positividade neste fundamento.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook