Sesc RJ derrota Pinheiros por 3x1 pela Superliga 2017-18

Time comandado por Bernardinho venceu a partida na noite de hoje (07.11) e conquistou sua quinta vitória na competição / Foto: Ricardo Bufolin/ECPTime comandado por Bernardinho venceu a partida na noite de hoje (07.11) e conquistou sua quinta vitória na competição / Foto: Ricardo Bufolin/ECP

São Paulo - O time de vôlei feminino do Sesc RJ venceu o E.C. Pinheiros pela Superliga 2017-2018 por 3 sets a 1 na noite de hoje (07.11), em São Paulo, com parciais de 25x23, 23x25, 25x18 e 25x19. Com isso, a equipe do técnico Bernardinho conquistou sua quinta vitória e segue invicto na competição.
 
A capitã Roberta, que levou mais uma vez o Troféu VivaVôlei, diz que a partida não foi como a equipe esperava, com erros que mantiveram o Pinheiros sempre próximo no placar, mas ressaltou a volta por cima do time no terceiro set. “De um modo geral, a equipe pecou no passe. Nossos erros, que foram muitos, fizeram com que o Pinheiros encostasse várias vezes. Mas, a partir do momento em que conseguimos forçar mais o nosso saque, quebramos o passe delas, facilitando nossa defesa e nosso bloqueio. Temos que melhorar no passe, mas nossas atacantes atuaram muito bem e a gente teve uma boa defesa na partida de hoje”, afirma.
 
O Sesc RJ entrou em quadra com Roberta (levantadora), Monique (oposta), Mayhara (central), Vivian (central), Drussyla (ponteira), Kasiely (ponteira) e Fabi (líbero). Em um mau começo no início do set, o Pinheiros forçou o saque e conseguiu abrir em 5x1. Após  tempo solicitado pelo técnico Bernardinho, a equipe entrou mais concentrada, conquistando o empate em 11x11. A partir daí, com um bom volume de saque, defesa e contra-ataques, o Sesc RJ conseguiu abrir diferença de 4 pontos, mas o Pinheiros se recuperou e o set foi disputado ponto a ponto até o final. Com um ataque de Kasiely, o time do Rio de Janeiro fechou o set em 25x23.
 
O segundo set começou bastante disputado com as equipes se alternando no placar até 8x8. Numa sequência de erros no passe, o Sesc RJ se descontrolou e o Pinheiros abriu 15x8. A equipe carioca até conseguiu reequilibrar a partida, mas a diferença aberta pelo Pinheiros já era muito grande. O Sesc RJ diminuiu a distância no placar para um ponto em 23x24, mas mesmo assim o Pinheiros conseguiu fechar em 23x25. Nesse set, Carol Leite entrou para sacar no lugar de Mayhara.
 
Após uma sequência de erros do Pinheiros, o Sesc RJ abriu 4x1 no início do terceiro set. Jogando com calma, a equipe recuperou a confiança e manteve a diferença no placar até fechar por 25x18. Novamente, Carol substituiu Mayhara no saque.
 
No quarto set, em um jogo de altos e baixos, o Pinheiros saiu na frente, chegando a 5x1. Aos poucos o Sesc RJ equilibrou o jogo até alcançar o empate no 13x13. A partir daí, muitos erros e tensão nos dois times, mas o Sesc RJ passou a frente em 15x14. Aproveitando melhor as chances, a equipe de Bernardinho abriu 4 pontos em 22x18 e ganhou tranquilidade para fechar a parcial em 25x19 e ganhar a partida.
 
Atual campeã da Superliga, a equipe do Sesc RJ conquistou o título por 12 vezes, vencendo as últimas cinco temporadas de forma consecutiva. Este ano a equipe do técnico Bernardinho já conquistou o Campeonato Carioca vencendo o Fluminense e a Supercopa, torneio que abriu a temporada nacional, com a vitória sobre o Camponesa/Minas por 3x2. 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook