Na casa do adversário, Corinthians-Guarulhos para no SESC-RJ

Time alvinegro acredita que detalhes ao longo da partida foram primordiais para resultado adverso. Central Luizinho pediu mais convicção para fazer as ações propostas nos estudos pré-jogo / Foto: July Stanzioni/Corinthians-GuarulhosTime alvinegro acredita que detalhes ao longo da partida foram primordiais para resultado adverso. Central Luizinho pediu mais convicção para fazer as ações propostas nos estudos pré-jogo / Foto: July Stanzioni/Corinthians-Guarulhos

Rio de Janeiro - Jogando pela primeira vez como visitante na Superliga 2017/2018, o Corinthians-Guarulhos encarou o SESC-RJ na Jeunesse Arena e acabou perdendo por 3 sets a 1, parciais de 25/16, 21/25, 25/21 e 2325.
 
“Tivemos algumas falhas técnicas, principalmente com relação aos ajustes de bolas – talvez por ser um ginásio diferente, isso pode acontecer. Falhamos quando eles aliviaram um pouco para o nosso lado, abrindo o placar com bolas mais fáceis. Quando o adversário força o jogo, ok, mas quando não acontece a bola volta para nós temos que ter mais qualidade para fazer o ponto. Essas questões fazem a diferença no final. Falhar contra equipes que são equilibradas, com jogadores que definem bolas, fica mais complicado”, argumentou o treinador.
 
A derrota também foi vista por outro aspecto pelo técnico Alexandre Stanzioni. “Estamos crescendo nesses ajustes, achei que na imposição do jogo conseguimos jogar sem sentir muito. Agora é ajustar tanto tecnicamente quanto taticamente para crescer na competição”, acrescentou.
 
Dentro dessa linha o central Luizinho acredita que é preciso ser mais efetivos taticamente. “Os momentos em que fomos bem foram aqueles momentos em que cumprimos o que foi pedido taticamente. Precisamos entrar mais convictos que realmente as questões estudadas acontecem ao longo do jogo, talvez hoje sairíamos daqui ou com a vitória ou com um set a mais jogado. Foi um jogo disputado, porém falhamos nesses detalhes”, finalizou.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook