Sesc RJ: Times feminino e masculino disputam jogos da final neste fim de semana

Equipe feminina decide o campeonato no segundo jogo contra o Fluminense neste domingo, 8. Já o masculino enfrenta a primeira partida da final contra o Botafogo no sábado, 7 / Foto: Erbs JrEquipe feminina decide o campeonato no segundo jogo contra o Fluminense neste domingo, 8. Já o masculino enfrenta a primeira partida da final contra o Botafogo no sábado, 7 / Foto: Erbs Jr

Rio de Janeiro - Os times de vôlei feminino e masculino do Sesc RJ entram em quadraneste final de semana na disputa pela final do Campeonato Carioca. A equipe feminina do técnico Bernardinho faz o segundo jogo contra o Fluminense no domingo, 8, às 21h, após ter saído na frente e derrotado as rivais na primeira disputa por 3 sets a 1. O jogo terá transmissão pela Sportv. O Sesc RJ busca uma revanche no Carioca já que, após 12 títulos seguidos, acabou derrotado no último ano pelo Tricolor.
 
Já o masculino de Giovane Gávio faz seu primeiro jogo pela final contra o Botafogo, no sábado, 7, às 18h, em General Severiano. O time chegou à final depois de vencer o Flamengo na semi por 3 sets a 0 na última quinta.  A equipe conta com o reforço dos ponteiros João Rafael, Levi e Japa, do levantador Thiaguinho, do oposto Renan Buiatti, do líbero Tiago Brendle e dos campeões olimpicos Maurício Souza e Maurício Borges. Da última temporada, permanecem o levantador Everaldo, o oposto Paulo Victor PV, o ponteiro Juninho, o líbero Alexandre Elias e os centrais Tiago Barth, Victor Hugo e Renato Oliveira.
 
No time feminino, as novidades na equipe são a levantadora Carol Leite, as centrais Vivian e Linda, a oposta Natiele e as ponteiras Kasiely e Gabi Guimarães. As jogadoras remanescentes da temporada passada são as centrais Mayhara e Juciely, as líberos Vitória e Fabi, a oposta Monique, a ponteira Drussyla e as levantadoras Roberta e Mikaella. A ponteira Gabi se recupera de uma cirurgia no joelho direito e fica fora da partida.
 
A levantadora Roberta destacou a defesa forte das tricolores no primeiro jogo e o que espera para a final. “Como tivemos atletas na Seleção e outras machucadas, nos reunimos há apenas duas semanas e não conseguimos jogar amistosos da pré-temporada. Por isso, até domingo, nosso compromisso é recuperar o ritmo de jogo”, afirma.
 
Já Giovane Gávio espera repetir, no sábado, o bom resultado contra o Flamengo. “Para a final, a expectativa é dar o nosso melhor, com intensidade, até porque temos jogadores experientes que já disputaram várias Superligas.”, afirma Giovane.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook