Debutantes em finais do Vôlei Nestlé curtem semana decisiva da Superliga

Gabriela Zeni / Foto: João Pires/FotojumpGabriela Zeni / Foto: João Pires/Fotojump

Rio de Janeiro - A primeira vez em finais de Superliga está presente entre os mais jovens e os experientes no elenco do Vôlei Nestlé. Nati Martins, 32 anos, e Clarisse, 30, vivem esse momento pela primeira vez, assim como as jovens Saraelen e Paula Borgo, ambas com 23, Bruna Neri, 24, Fernanda Campos, 21, e Gabriela Zeni, 19. 
 
Na comissão técnica, os novatos na decisão da mais importante competição nacional são o auxiliar técnico Spencer Lee, o preparador físico Marcelo Vitorino e o estatístico Leonard Barbosa. O fisioterapeuta Thiago Moreira tem experiência de outras finais, mas será a primeira como o principal em sua área de atuação. 
 
Titular da equipe, a central Nati Martins prepara-se priorizando a concentração. "Estou bastante concentrada e trabalhando um pouco a ansiedade. O foco está em me preparar bem nos treinos e tenho conversando bastante com as meninas que já disputaram finais. Estou com o pé no chão e tranquila. Fizemos um trabalho excelente na temporada e agora é o momento de entrar em quadra e se divertir. Passamos por momentos que fomos desacreditadas, mas unimos nossas forças e as peças do time se encaixaram perfeitamente. Tenho certeza que vamos fazer um bom jogo no domingo", garante a jogadora. 
 
Spencer Lee já foi técnico de clubes como Praia Clube e Rio do Sul em diversas edições de Superliga e disputa sua primeira final representando o Vôlei Nestlé. "É uma experiência singular e diferente de tudo que imaginava. É um sonho que se realiza, pois são 12 edições da Superliga e é a primeira vez que consigo chegar em uma final. Devo esse momento ao convite do Luizomar que me proporcionou vivenciar a grandeza do Vôlei Nestlé. Muitas pessoas viveram uma vida no vôlei e talvez não tenham tido essa oportunidade que estou tendo, portanto, tenho que aproveitar ao máximo esse momento. Me inspiro muito no Luizomar e no Jefferson (assistente técnico) pela experiência e número de finais e conquistas que possuem. Sinto muita confiança no que eles me falam e me tranquiliza ter um líder vitorioso e com a sabedoria que o Luizomar possui", comenta Spencer. 
 
A ponteira Clarisse comenta esse momento especial em sua carreira. "O ano tem sido de muito trabalho. O time chegou nesta situação com afinco e treinamentos. Passamos por alguns altos e baixos, mas no geral a temporada tem sido vitoriosa com o título do Paulista e essa final de Superliga. Chegamos fortalecidas para essa final. Para mim é muito importante porque é a minha primeira. Faz 12 anos que jogo profissionalmente e nunca tinha disputado uma decisão de Superliga. Então está sendo especial e tem um gosto maravilhoso. É o reconhecimento de um trabalho que foi feito. Estamos felizes de participar desse momento", destaca a atleta.
 
Entre as mais jovens, Paula Borgo e Saraelen aparecem com frequência em quadra nos momentos que o técnico Luizomar necessita. "Será minha primeira final de Superliga, assim como foi no Paulista. Achei que estaria um pouco mais ansiosa, mas estou bem tranquila. Estamos treinando bem e me sinto preparada para esse momento", afirma Paula. "É um jogo muito importante. Já participei de outros campeonatos e outras finais e não encarei como final. Isso funciona como um combustível para mim. É uma partida valendo assim como todas as outras e estamos preparadas", completa Saraelen.
 
O Vôlei Nestlé chega na final liderando as estatísticas da CBV no fundamento ataque com 27,38% de eficiência, sendo segundo em defesa, com 42,04%, e em saque, com 6,41%, quarto em bloqueio, com 29,90%, e sexto em levantamento, com 17,13%. Individualmente, Tandara é a segunda melhor atacante, com 26,68% e a primeira em saque, com 9,40%. Ela é também a maior pontuadora da Superliga com 408 acertos. Camila Brait é a segunda em defesa, com 41,86%, e Bia é a atleta com mais pontos de bloqueio nesta Superliga, com 106 acertos. É a única que superou a marca de 100 pontos. Em aproveitamento, a central é a segunda com 35,09%.
 
14 finais nas últimas 16 temporadas 
 
2001/02: MRV/Minas x BCN/Osasco - vice-campeão 
2002/03: MRV/Minas x BCN/Osasco - campeão 
2003/04: MRV/Minas x Finasa/Osasco - campeão 
2004/05: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - campeão 
2005/06: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2006/07: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2007/08: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2008/09: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2009/10: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - campeão 
2010/11: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - vice-campeão 
2011/12: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - campeão 
2012/13: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - vice-campeão 
2013/14: Unilever (Rio de Janeiro) x Sesi-SP 
2014/15: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Molico/Nestlé (Osasco) - vice-campeão
2015/16: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Dentil/Praia Clube 
2016/17: Rexona-Sesc (Rio de Janeiro) x Vôlei Nestlé (Osasco) 
 
Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013 e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2016/17 apresenta uma mescla de atletas experientes com jovens que buscam espaço em um clube tradicional como Osasco. Jogadoras vitoriosas e consagradas como Carol Albuquerque, Dani Lins, Tandara e Camila Brait são as mentoras das novatas. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.
 
Nestlé busca sexto título - A Nestlé tem uma história vitoriosa no vôlei brasileiro e, até o momento, possui cinco títulos da Superliga. Na década de 1990, o Leite Moça ganhou a competição nas edições de 1994/95, 1995/96 e 1996/97. O time daquele período contava com craques como Fernanda Venturini, Ana Moser, Virna e Leila. A empresa retornou ao esporte em 2009, quando assumiu a equipe de Osasco. Na segunda versão do patrocínio, o Sollys/Nestlé foi campeão em 2009/10 e 2011/12. Os dois troféus foram conquistados sob o comando de Luizomar e o time contava com Carol Albuquerque na primeira e com Camila Brait na segunda. 
 
Osasco também almeja o hexa - Pentacampeão nacional, o clube de Osasco também está na briga por sua sexta taça da Superliga. Com o antigo patrocinador, a agremiação subiu no topo do pódio em 2002/03, 2003/04 e 2004/05. Já com a Nestlé de parceiro, o time foi campeão em 2009/10 e 2011/12.
 
Tabela da Superliga
 
Final:
23/04 - 10h00 - Vôlei Nestlé x Rexona-Sesc - Rio de Janeiro (TV Globo, SporTV e RedeTV)
 
Semifinal:
31/03 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Dentil/Praia Clube - Osasco 
04/04 - Dentil/Praia Clube 0 x 3 Vôlei Nestlé - Uberlândia 
07/04 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Dentil/Praia Clube - Osasco 
 
Quartas de Final:
16/03 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Fluminense - Osasco (RedeTV)
20/03 - Fluminense 0 x 3 Vôlei Nestlé - Rio de Janeiro (SporTV)
 
2º turno:
07/01 - São Cristóvão Saúde/São Caetano 0 x 3 Vôlei Nestlé - Manaus
13/01 - Pinheiros 3 x 2 Vôlei Nestlé - São Paulo
21/01 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Sesi-SP - Osasco 
03/02 - Rio do Sul 0 x 3 Vôlei Nestlé - Rio do Sul
10/02 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Terracap/BRB/Brasília Vôlei - Osasco 
14/02 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Fluminense - Osasco
17/02 - Camponesa/Minas 3 x 0 Vôlei Nestlé - Belo Horizonte
23/02 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Dentil/Praia Clube - Osasco
03/03 - Rexona-Sesc 3 x 1 Vôlei Nestlé - Rio de Janeiro
07/03 - Renata Valinhos/Country 0 x 3 Vôlei Nestlé - Valinhos
11/03 - Genter Vôlei Bauru 1 x 3 Vôlei Nestlé - Bauru 
 
1º turno:
29/10 - Vôlei Nestlé 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano - Osasco 
01/11 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Rio do Sul - Osasco 
04/11 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Pinheiros - Osasco
12/11 - Sesi-SP 0 x 3 Vôlei Nestlé - São Paulo 
22/11 - Terracap/BRB/Brasília Vôlei 3 x 0 Vôlei Nestlé - Brasília 
26/11 - Fluminense 0 x 3 Vôlei Nestlé - Rio de Janeiro 
03/12 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Camponesa/Minas - Osasco 
09/12 - Dentil/Praia Clube 3 x 2 Vôlei Nestlé - Uberlândia 
13/12 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Rexona-Sesc - Osasco 
16/12 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Renata Valinhos/Country - Osasco 
22/12 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Genter Vôlei Bauru - Osasco
 
 
 

Veja Também: 

 

 
 
1

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook