Campeãs em 2011/12 relembram conquista e inspiram Vôlei Nestlé

E-mail Imprimir

Camila Brait e Tandara foram titulares no último título do clube de Osasco. Já Bia era reserva e atualmente tem papel de protagonista, é a jogadora com mais pontos de bloqueio da temporada / Foto: João Pires/FotojumpCamila Brait e Tandara foram titulares no último título do clube de Osasco. Já Bia era reserva e atualmente tem papel de protagonista, é a jogadora com mais pontos de bloqueio da temporada / Foto: João Pires/Fotojump

Rio de Janeiro - O Vôlei Nestlé viajou para o Rio de Janeiro nesta quarta-feira (19), local em que será realizada a final da Superliga 2016/17, neste domingo (23), na Jeunesse Arena, diante do Rexona-Sesc, às 10h.
 
A cidade traz boas lembranças para três jogadoras do clube de Osasco que estavam no elenco na última conquista, na temporada 2011/12, quando o então Sollys Nestlé derrotou o time carioca, no Maracañazinho, por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/18 e 25/23. Tandara e Camila Brait eram titulares naquela equipe e Bia fazia parte do grupo. 
 
Na ocasião, Bia era reserva de Thaisa e Adenízia. Atualmente, a central é titular e a jogadora com mais pontos de bloqueio na Superliga, com 106 acertos. "Só tenho lembranças boas daquela final na época do Sollys/Nestlé. Ganhamos de 3 a 0 e foi a minha primeira final. Eu era bem jovem e joguei pouco naquela temporada. Compunha o grupo e fiquei no banco naquele jogo. Lembro que ganhamos jogando muito bem. Essas recordações trazem energias boas. Foi um momento maravilhoso e a temporada em si foi brilhante. O grupo era muito bom, semelhante ao nosso. A final é de novo no Rio de Janeiro e vamos tentar trazer esses bons fluidos. Sei o quanto é bom ser campeão e vou atrás disso no domingo", ressalta a atleta.
 
Bia sabe que seu papel no elenco é diferente em relação ao seu primeiro título de Superliga. "Desde aquela época participei de diversas finais. Naquela ocasião meu papel era diferente. Agora tenho que fazer o melhor que eu puder e dentro de quadra. Antes tinha que ajudar de fora. Como titular a responsabilidade é maior. Tem outro peso e gosto de estar nessa situação. Sou uma jogadora que adora jogar final e ter essa pressão. Vamos para o último jogo da Superliga e temos que usar toda nossa energia na partida. Jogar cada ponto dando nosso melhor", finaliza Bia. 
 
Camila Brait é a atleta com mais tempo em Osasco. Ela chegou ao clube em 2008 e vai para sua oitava final. A defensora reforça que o objetivo é voltar a ser campeã da Superliga. "Tenho as melhores recordações possíveis da final de 2011/12. Aquele ano o time estava bem acertado e era excepcional. Na atual temporada tivemos uma mudança de mais de 70% do elenco em relação à anterior, então estar nessa final com chances de ganhar o título já é um grande feito. Mas não queremos só chegar na decisão. O nosso objetivo é ser campeão. Este grupo está unido e com muita vontade de conquistar. Ganhamos nosso último título na casa delas, portanto vamos precisar jogar bem concentradas para sairmos vitoriosas novamente", afirma a líbero. 
 
Naquela campanha, a ponteira Tandara iniciou a temporada disputando posição com Ju Costa, mas durante a Superliga assumiu a titularidade e foi campeã jogando. Hoje o papel dela no time é de mais responsabilidade. "Só tenho boas recordações. Acordamos bem no dia da partida e o time estava no mesmo clima que estamos hoje. São ótimas lembranças daquela equipe em que todas estavam querendo muito ganhar o título. E a semelhança é enorme em relação ao grupo atual. Tenho consciência que minha responsabilidade hoje é maior do que em 2011/12. Estou bem tranquila e lidando da melhor maneira possível. Não posso deixar essa cobrança tirar meu sorriso e alegria. Jogo melhor quando estou mais descontraída" destaca a ponteira, que é a maior pontuadora da competição com 408 acertos.
 
O Vôlei Nestlé lidera as estatísticas da CBV no fundamento ataque com 27,38% de eficiência, sendo segundo em defesa, com 42,04%, quarto em bloqueio, com 29,90%, e sexto em levantamento, com 17,13%. Individualmente, Tandara é a segunda melhor atacante, com 26,68% e a primeira em saque, com 9,40%. Ela é também a maior pontuadora da Superliga com 408 acertos. Camila Brait é a segunda em defesa, com 41,86%, e Bia é a atleta com mais pontos de bloqueio nesta Superliga, com 106 acertos. É a única que superou a marca de 100 pontos. Em aproveitamento, a central é a segunda com 35,09%.
 
14 finais nas últimas 16 temporadas 
2001/02: MRV/Minas x BCN/Osasco - vice-campeão 
2002/03: MRV/Minas x BCN/Osasco - campeão 
2003/04: MRV/Minas x Finasa/Osasco - campeão 
2004/05: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - campeão 
2005/06: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2006/07: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2007/08: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2008/09: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Finasa/Osasco - vice-campeão 
2009/10: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - campeão 
2010/11: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - vice-campeão 
2011/12: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - campeão 
2012/13: Unilever (Rio de Janeiro) x Sollys/Nestlé (Osasco) - vice-campeão 
2013/14: Unilever (Rio de Janeiro) x Sesi-SP 
2014/15: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Molico/Nestlé (Osasco) - vice-campeão
2015/16: Rexona-Ades (Rio de Janeiro) x Dentil/Praia Clube 
2016/17: Rexona-Sesc (Rio de Janeiro) x Vôlei Nestlé (Osasco) 
 
Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013 e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2016/17 apresenta uma mescla de atletas experientes com jovens que buscam espaço em um clube tradicional como Osasco. Jogadoras vitoriosas e consagradas como Carol Albuquerque, Dani Lins, Tandara e Camila Brait são as mentoras das novatas. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.
 
Nestlé busca sexto título - A Nestlé tem uma história vitoriosa no vôlei brasileiro e, até o momento, possui cinco títulos da Superliga. Na década de 1990, o Leite Moça ganhou a competição nas edições de 1994/95, 1995/96 e 1996/97. O time daquele período contava com craques como Fernanda Venturini, Ana Moser, Virna e Leila. A empresa retornou ao esporte em 2009, quando assumiu a equipe de Osasco. Na segunda versão do patrocínio, o Sollys/Nestlé foi campeão em 2009/10 e 2011/12. Os dois troféus foram conquistados sob o comando de Luizomar e o time contava com Carol Albuquerque na primeira e com Camila Brait na segunda. 
 
Osasco também almeja o hexa - Pentacampeão nacional, o clube de Osasco também está na briga por sua sexta taça da Superliga. Com o antigo patrocinador, a agremiação subiu no topo do pódio em 2002/03, 2003/04 e 2004/05. Já com a Nestlé de parceiro, o time foi campeão em 2009/10 e 2011/12.
 
Tabela da Superliga
 
Final:
23/04 - 10h00 - Vôlei Nestlé x Rexona-Sesc - Rio de Janeiro (TV Globo, SporTV e RedeTV)
 
Semifinal:
31/03 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Dentil/Praia Clube - Osasco 
04/04 - Dentil/Praia Clube 0 x 3 Vôlei Nestlé - Uberlândia 
07/04 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Dentil/Praia Clube - Osasco 
 
Quartas de Final:
16/03 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Fluminense - Osasco (RedeTV)
20/03 - Fluminense 0 x 3 Vôlei Nestlé - Rio de Janeiro (SporTV)
 
2º turno:
07/01 - São Cristóvão Saúde/São Caetano 0 x 3 Vôlei Nestlé - Manaus
13/01 - Pinheiros 3 x 2 Vôlei Nestlé - São Paulo
21/01 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Sesi-SP - Osasco 
03/02 - Rio do Sul 0 x 3 Vôlei Nestlé - Rio do Sul
10/02 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Terracap/BRB/Brasília Vôlei - Osasco 
14/02 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Fluminense - Osasco
17/02 - Camponesa/Minas 3 x 0 Vôlei Nestlé - Belo Horizonte
23/02 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Dentil/Praia Clube - Osasco
03/03 - Rexona-Sesc 3 x 1 Vôlei Nestlé - Rio de Janeiro
07/03 - Renata Valinhos/Country 0 x 3 Vôlei Nestlé - Valinhos
11/03 - Genter Vôlei Bauru 1 x 3 Vôlei Nestlé - Bauru 
 
1º turno:
29/10 - Vôlei Nestlé 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano - Osasco 
01/11 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Rio do Sul - Osasco 
04/11 - Vôlei Nestlé 3 x 1 Pinheiros - Osasco
12/11 - Sesi-SP 0 x 3 Vôlei Nestlé - São Paulo 
22/11 - Terracap/BRB/Brasília Vôlei 3 x 0 Vôlei Nestlé - Brasília 
26/11 - Fluminense 0 x 3 Vôlei Nestlé - Rio de Janeiro 
03/12 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Camponesa/Minas - Osasco 
09/12 - Dentil/Praia Clube 3 x 2 Vôlei Nestlé - Uberlândia 
13/12 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Rexona-Sesc - Osasco 
16/12 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Renata Valinhos/Country - Osasco 
22/12 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Genter Vôlei Bauru - Osasco
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Copa Brasil de Vela

Confira os melhores momentos da Copa Brasil 

 

 

 
Rip Curl Grom Search 2017

Maresias - Confira tudo o que rolou na grande final

Mascotes
Curta - EA no Facebook