Presidente da CBT palestra na Conferência Mundial da ITF, em Londres

Presidente da CBT, Rafael Westrupp, discursa no auditório do Stamford Bridge / Foto: DivulgaçãoPresidente da CBT, Rafael Westrupp, discursa no auditório do Stamford Bridge / Foto: Divulgação

Londres - O presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Rafael Westrupp, encerrou sua passagem por Londres com uma palestra sobre o modelo de gestão da CBT na Conferência Mundial da ITF, nesta segunda-feira. O evento foi realizado no auditório do Stamford Bridge, estádio do Chelsea Football Club, na capital inglesa, entre domingo e esta segunda-feira, e reuniu mais de 300 gestores do esporte mundial de mais de 100 países.
 
O convite para a palestra do brasileiro foi feito pelo Diretor Executivo de Desenvolvimento da ITF, Lucas Santilli, atendendo a uma solicitação do próprio presidente da entidade que rege o tênis mundial, David Hoggerty. O mandatário da ITF visitou a sede da CBT em maio e ficou empolgado com o modelo de gestão da Confederação. 
 
Com o tema "O caminho estratégico e da evolução no tênis no Brasil", a palestra abordou todas as etapas do desenvolvimento do tênis nacional, desde o Programa Jogue Tênis nas Escolas até o Programa de Transição.
 
"A diretriz da palestra foi o desenvolvimento da CBT, desde o Programa Jogue Tênis nas Escolas até o Programa de Transição, passando pelo trabalho dos clubes e incluindo o formato do Calendário Nacional Infantojuvenil, que conta inclusive com sete torneios internacionais, desde o Grupo 4 até o Grupo A, e finalizando com o Programa de Transição e Profissional”, resumiu Westrupp.
 
"Hoje, temos um grande número de jogadores participando de cada torneio do Circuito Infantojuvenil. Os talentos seguem para o Programa de Transição, que é fantástico, e viajam durante o circuito profissional, criando um ecossistema favorável para eles se adaptarem o mais rápido possível no ambiente profissional", ressaltou o presidente da CBT.
 
Além da palestra na Conferência Mundial da ITF, Westrupp também participou da reunião do Comitê do Tênis Profissional da ITF, do qual ele faz parte, que discutiu a implementação do Transition Tour a partir de 2019, na semana passada. 
 
Na passagem por Londres,  o presidente da CBT também assinou um acordo de cooperação técnica com a Federação Portuguesa, na quarta-feira, e participou de várias outras reuniões mais breves ao longo desses dias. 
 
"O balanço dessa semana é o mais positivo possível. Comecei no dia 2 com a reunião do Comitê, do Transition Tour, várias novidades vem por aí. Depois uma reunião com a ATP, juntamente com a ITF, para tratar desse assunto. Tive várias outras reuniões mais rápidas,  inclusive com o diretor de relações institucionais de Wimbledon, Jamie Baker, para tratar de alguma possibilidade de uma parceria futura entre a CBT e Wimbledon", contou.  
 
"A parceria com a Federação Portuguesa também foi muito importante. E hoje [segunda-feira] finalizei com a participação na Conferência Mundial da ITF. Também tive uma última reunião, onde a ITF e o fundo de investimentos Kosmos apresentaram a redação final da proposta de mudança do formato da Copa Davis", concluiu Westrupp.
 
Veja Também: 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook