Cilic estreia com vitória e Belluci perde na primeira rodada do Rio Open

Fognini comemora / Foto: FotojumpFognini comemora / Foto: Fotojump

Rio de Janeiro - O croata Marin Cilic, cabeça de chave número 1, iniciou sua participação no Rio Open da melhor maneira possível, com uma vitória tranquila, na noite desta segunda-feira, dia 19. O número 3 do ranking mundial, vice-campeão do Aberto da Austrália-2018, derrotou o argentino Carlos Berlocq por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2. O próximo adversário sairá do confronto desta terça, dia 20, entre o francês Gael Monfils e o argentino Horacio Zeballos.
 
Ambientado com o Rio, o simpático Cilic só teve dificuldade no primeiro game da partida. O campeão do US Open 2014 saiu sacando e viu Berlocq fazer 0/40. Mas recuperou-se para confirmar o saque, e dominar a partida até o final. O croata impôs seu jogo, dominando os pontos, e colocando para correr de um lado para o outro Berlocq, número 139º do mundo e que veio do qualifying.
 
"Acho que foi uma boa estreia, meu primeiro jogo no saibro na temporada, serviu para eu me acostumar ainda mais com as condições daqui, sentir a bola. Sei que não joguei super bem, mas acho que foi uma boa estreia. Nos momentos complicados soube me impor, ser ofensivo e controlar a partida", disse o vice-campeão de Wimbledon, no ano passado.
 
No outro jogo da noite, Bellucci saiu na frente contra o italiano Fognini, mas levou a virada e perdeu por 6/7 (5), 7/5 e 6/2. No primeiro set, o brasileiro viu Fognini abrir 5 a 2, mas foi buscar e levou para o tie-break, fechando por 7 a 5, após erro do italiano. Apoiado pela torcida, saiu na frente no segundo set e abriu 4 a 0. Mas o ex-número 13 do mundo ressurgiu. Depois de receber atendimento médico, quebrou o saque do brasileiro três vezes e fechou por 7/5. Abatido, Bellucci sofreu a derrota no terceiro por 6/2.
 
O próximo adversário do italiano será o norte-americano Tennys Sandgren, 60º, que venceu o espanhol Roberto Carballes Baena por 4/6, 6/1 e 4/3 (retirada). Fognini nunca enfrentou Sandgren, que chamou a atenção no início do ano, quando alcançou as quartas de final do Aberto da Austrália.
 
"Saio frustrado porque estava bem perto da vitória e deixei escapar. Fiquei a dois pontos de ganhar o jogo, talvez no 4 a 0 tenha tirado um pouco o pé, e ele foi para o tudo ou nada e acertou as bolas. Não era o que eu queria, mas também estava jogando com um top 20, talvez um dos um melhores do saibro", disse Bellucci.
 
Quem teve um dia bem positivo foi o espanhol Fernando Verdasco, que joga pela primeira vez o Rio Open. O ex-número 7 do mundo e cabeça de chave 8 venceu nas simples e nas duplas. Primeiro ele eliminou o argentino Leonardo Mayer por 6/2, 3/6 e 6/3. Mais tarde, nas duplas, ao lado do compatriota David Marrero, venceu o brasileiro Marcelo Demoliner e o francês Gael Monfils por 1/6, 6/1 e 10/5. Verdasco e Marrero entraram na chave após desistência do espanhol Pablo Carreño Busta e do uruguaio Pablo Cuevas, campeões da última edição.
 
O brasileiro Rogério Dutra Silva foi derrotado pelo espanhol Albert Ramos Vinolas por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4. 
 
RESULTADOS
 
Albert Ramos Vinolas (ESP) 2 x 1 Rogério Dutra Silva (BRA) - 6/3, 3/6 e 6/4
 
Nicolas Jarry (CHI) 2 x 0 Guillermo Garcia Lopez (ESP) - 6/3 e 7/6 (3)
 
Marin Cilic (CRO) 2 x 0 Carlos Berlocq (ARG) - 6/3 e 6/2
 
Fernando Verdasco (ESP) 2 x 1 Leonardo Mayer (ARG) - 6/2, 3/6 e 6/3
 
Tennys Sandgren (EUA) 2 x 1 Roberto Carballes Baena (ESP) - 6/4, 1/6 e 4/3 (ret.)
 
Fabio Fognini (ITA) 2 x 1 Thomaz Bellucci (BRA) - 6/7 (5), 7/5 e 6/2
 
David Marrero (ESP)/Fernando Verdasco (ESP) 2 x 1 Marcelo Demoliner (BRA)/Gael Monfils (FRA) - 1/6, 6/1 e 10/5
 
Gastão Elias (POR) 2 x 1 Guido Pella (ARG) -6/4, 5/7 e 7/5
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook