Chave principal do Banana Bowl 18 anos tem 12 top 30 e 18 brasileiros

russa Anfisa Danilchenko segue na disputa/ Foto: Matheus Joffre/CBTrussa Anfisa Danilchenko segue na disputa/ Foto: Matheus Joffre/CBT

Santa Catarina – Começou neste sábado o qualificatório para a 48ª edição do Banana Bowl, considerado um dos torneios juvenis mais tradicionais do mundo. Assim como em 2017, a categoria 18 anos está sendo disputada na Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma, enquanto as demais categorias, 12, 14 e 16 anos e Tennis Kids, têm como sede o Recreio da Juventude, em Caxias do Sul.
 
O Banana Bowl 2018 conta com tenistas de 33 países diferentes na categoria 18 anos. Além dos brasileiros, estão inscritos tenistas de Argentina, Bulgária, Canadá, Chile, Colômbia, Dinamarca, Equador, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, França, Geórgia, Grã-Bretanha, Guatemala, Holanda, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Paraguai, Peru, Polônia, República Dominicana, Romênia, Sérvia, Suíça, Rússia, Ucrânia, Uruguai e Venezuela.
 
 
Entre eles, estão dez top 30 do ranking mundial juvenil masculino: o argentino Sebastian Baez (4º), o colombiano Nicolas Mejia (9º), o argentino Juan Manuel Cerundolo (11º), o argentino Thiago Agustin Tirante (12º), o japonês Naoki Tajima (15º), o norte-americano Tristan Boyer (18º), o búlgaro Adrian Andreev (24º), o norte-americano Drew Baird (26º), o dominicano Nick Hardt (27º) e o francês Clement Tabur (28º). 
 
A chave principal masculina ainda conta 11 brasileiros: João Lucas Reis (32º), Matheus Pucinelli (34º), Igor Gimenez (47º), Gilbert Klier (83º), João Ferreira (84º), Mateo Reyes (154º), Diego Padilha (155º), Natan Rodrigues (275º), Eduardo Taiguara (765º), Leonardo Frederico (1859º) e Kaue Costa, que venceu o pré-quali na sexta-feira e conseguiu vaga na chave principal. 
 
No feminino, os destaques são a colombiana Maria Camila Osorio, oitava colocada no ranking mundial juvenil, e a norte-americana Alexa Noel (19ª). Sete brasileiras estão na chave principal: Marina Figueiredo (192ª), Ana Luiza Cruz (321ª), Ana Paula Melilo (527ª), Namie Isago (837ª), Erika Cheng (1132ª), Priscila Janikian (2110ª) e Isabela Mercante, que venceu o pré-quali e garantiu a vaga na chave principal. 
 
A Sociedade Recreativa Mampituba tem 12 quadras de saibro à disposição, seis delas cobertas, o que possibilita a continuidade do evento independente das condições climáticas. Quem quiser acompanhar os jogos do quali e da chave principal, que inicia nesta segunda-feira e vai até sábado, dia 24, a entrada no clube é gratuita para sócios e não sócios. A programação começa a partir das 9h. 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook