Projetos sociais participam do Torneio Winners no Rio Open

Competição será dividida em seis categorias e usará estrutura do maior torneio de tênis da América do Sul / Foto: FotojumpCompetição será dividida em seis categorias e usará estrutura do maior torneio de tênis da América do Sul / Foto: Fotojump

Rio de Janeiro - Desde 2014, quando aconteceu a primeira edição, o maior torneio de tênis da América do Sul sempre apoiou iniciativas sociais. Pensando dessa forma, o Rio Open realiza, mais uma vez, o tradicional Torneio Winners. A competição é voltada especialmente para as crianças e jovens que frequentam os projetos, Instituto Futuro Bom, Tênis na Lagoa, Tênis Solidário, Escolinha de Tênis Fabiano de Paula e Arremessar para o Futuro, parceiros da competição além do recém inaugurado Núcleo Esportivo Rio Open. Seguindo firme no pilar social, os integrantes dessas instituições também ganharão ingressos para assistir às partidas do Rio Open.
 
Uma das novidades para esse ano é que 15 jovens dos projetos trabalharão nos bastidores do evento. Eles serão treinados para atuar nas áreas de Controle de acessos, Alimentação e Bebidas, Entretenimento, Tecnologia, Vestiário, Logística e Merchandising. Além dessas inciativas, a partir de fevereiro, o Rio Open fará a gestão do Núcleo Esportivo Rio Open, que utiliza as instalações do Parque Olímpico da Barra. O maior torneio de tênis da América do Sul acontece de 19 a 25 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro.
 
"Acreditamos no poder transformador do esporte e da importância de iniciativas como essa.  Apoiamos diversos projetos de ONGs ligadas ao tênis na cidade do Rio desde a primeira edição e buscamos a cada ano ampliar esse apoio ", disse Marcia Casz, Diretora de Esportes da IMM e responsável pela organização do Rio Open.
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook