Carlos Kirmayr será homenageado no Rio Open 2018

Carlos Kirmayr será homenageado no Rio Open 2018 / Foto: DivulgaçãoCarlos Kirmayr será homenageado no Rio Open 2018 / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - O Rio Open, maior torneio da América do Sul, receberá entre os dias 19 e 25 de fevereiro no Jockey Club Brasileiro, inúmeras personalidades do esporte nacional e mundial. Assim como nas edições anteriores, quando foram homenageados grandes nomes do esporte, neste ano outro grande nome da nossa história receberá homenagem na quadra central do torneio, a quadra Guga Kuerten: Carlos Kirmayr.
 
Precursor nas duplas no Brasil, tendo aberto caminho para os campeões de Grand Slam Marcelo Melo e Bruno Soares, Kirmayr foi o primeiro brasileiro a disputar o Masters de duplas, em 1983, ao lado de Cássio Motta, e alcançou a 6a posição no ranking mundial, na categoria, com título inclusive ao lado de Ivan Lendl. No total foram 10 trofeus de duplas e 14 vice-campeonatos.
 
Em simples, foi o 36o. do ranking mundial (1981), tendo sido vice-campeão de 5 ATPs.
 
Durante a carreira teve vitórias memoráveis sobre Ivan Lendl, John McEnroe, Roscoe Tanner, entre muitos outros. Além de ter representado o Brasil na Copa Davis durante 15 anos, Kirmayr brilhou também na carreira de técnico. Conquistou o US Open, com Gabriela Sabatini, em 1988.
 
Hoje, continua envolvido com o tênis integralmente, dirigindo um Centro de Treinamento em Serra Negra.
 
Desde a primeira edição, em 2014, o Rio Open iniciou uma tradição de homenagear personalidades que marcaram o esporte nacional ou mundialmente. Homenageou Maria Esther Bueno e Gustavo Kuerten em 2014. Em 2015 foi a vez de Thomaz Koch, Nick Bollettieri e Antônio Carlos de Almeida Braga, o Braguinha. Em 2016, Fernando Meligeni e Alcides Procopio foram os homenageados. No ano passadoi foi a vez das tenistas top 100 da história do Brasil, Luiz Mattar e André Silva.
 
A homenagem acontecerá durante a semana do evento - Durante o Rio Open, Carlos Kirmayr reviverá algumas das principais emoções da carreira, antes de se tornar um empresário de sucesso, que foram justamente no Rio de Janeiro. Ele encerrou a carreira em 1987.
 
O Rio Open é o primeiro ATP World Tour 500 da história do Brasil e integra o seleto grupo de 13 torneios denominados ATP 500, sendo um dos 22 mais importantes do calendário da ATP. Isso o credencia como o maior evento esportivo anual do Rio de Janeiro e um dos únicos torneios ATP 500 de saibro no mundo.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook