Brasil tem 4 atletas na categoria 18 anos masculina do Banana Bowl 2018

Brasileiro Thiago Wild (à direita) foi vice-campeão da categoria 18 anos em 2017 / Foto: Mauricio Vieira/Arquivo CBTBrasileiro Thiago Wild (à direita) foi vice-campeão da categoria 18 anos em 2017 / Foto: Mauricio Vieira/Arquivo CBT

Santa Catarina – A ITF divulgou a lista de atletas inscritos na categoria 18 anos do 48º Banana Bowl 2018. A chave principal masculina conta com quatro tenistas entre os top 10 do ranking mundial juvenil: o argentino Sebastian Baez (4º), o sul-coreano Uisung Par (5º), o colombiano Nicolas Mejia (9º) e o americano Andrew Fenty (10º). Quatro brasileiros também estão confirmados: o pernambucano João Lucas Reis (32º) e os paulistas Matheus Pucinelli (34º), Igor Gimenez (47º) e Mateus Alves (67º). No feminino, a mineira Marina Figueiredo é a representante nacional.
 
Outros quatro disputarão as oito vagas do quali: o brasiliense Gilbert Klier (83º), o mineiro João Ferreira (84º), o equatoriano naturalizado brasileiro Mateo Reyes (154º) e o paulista Diego Padilha (155º)
 
Assim como na edição do ano passado, o 48º Banana Bowl 2018 se dividirá entre as cidades de Criciúma-SC, onde será realizada a categoria 18 anos, e Caxias do Sul-RS, que sediará as disputas das demais categorias: 12, 14 e 16 anos, além do Tennis Kids (de 8 a 11 anos).
 
As disputas da chave principal das categorias 18, 16 e 14 anos vão de 19 a 24 de fevereiro, com os dias 17 e 18 reservados para o quali. As categorias 12 anos e Tennis Kids ocorrerão de 21 a 25 de fevereiro.
 
O Banana Bowl é um dos torneios mais tradicionais da América do Sul. Inspirado no norte-americano Orange Bowl, a competição foi criada por Alcides Procópio em 1968, durante o congresso da Confederação Sul-Americana de Tênis em Caracas, na Venezuela.
 
Tenistas de destaque de vários países já passaram pelas quadras do Banana Bowl, como John McEnroe, Ivan Lendl, Andy Roddick, Thomas Muster, Yannick Noah, Kei Nishikori, Juan Martin Del Potro, Gabriela Sabatini, Dominika Cibulkova, Svetlana Kuznetsova, Ana Ivanovic.
 
O Gerente de Esportes e Eventos da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e diretor da categoria 18 anos do Banana Bowl, Eduardo Frick, destacou a importância da competição, principalmente para os atletas que estão na transição. "É de extrema importância, primeiro pela tradição que o Banana tem. Por aqui passaram vários jogadores que depois tiveram uma projeção muito grande internacional. O histórico do Banana mostra isso. É muito importante os atletas entenderem que esse torneio faz parte do processo de transição deles", avaliou.
 
Na sequência do Banana Bowl, o Brasil sediará outros dois torneios de peso: o Campeonato Internacional de Porto Alegre, ITF GA que será disputado de 24 de fevereiro a 4 de março, e a Copa Jaime Oncins, ITF G B1, que ocorrerá em São Paulo, de 5 a 11 de fevereiro.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook