Marcelo Melo disputa o Australian Open como recordista brasileiro em títulos

Melo e Kubot com o troféu de melhor dupla de 2017 / Foto: Peter Staples / Getty ImagesMelo e Kubot com o troféu de melhor dupla de 2017 / Foto: Peter Staples / Getty Images

São Paulo – O mineiro Marcelo Melo estreou na temporada 2018 conquistando, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot, o ATP 250 de Sidney, na Austrália. Com o resultado, Melo passou a ser o tenista brasileiro com o maior número de títulos no circuito, com um total de 29 na carreira, um a mais do que o catarinense Gustavo Kuerten, que até parar de jogar somou 20 conquistas em simples e oito em duplas.
 
Entre os 29 títulos de Melo na carreira, todos em duplas, dois são Grand Slam, Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017). No Australian Open, nesta semana, estará buscando o terceiro. Guga tem três Grand Slam, todos no torneio francês. Em Masters 1000, são oito conquistas de Melo contra cinco de Guga. Ele soma ainda cinco em ATP 500 e 14 em ATP 250.
 
Com a conquista em Sidney, neste início de 2018, pelo 12º ano consecutivo Melo comemora ao menos um título por temporada. O primeiro foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Em 2017, no melhor ano de sua carreira, conquistou seis, entre os quais Wimbledon, seu grande sonho, e três Masters 1000 (Miami, Madri e Paris).
 
Melo e Kubot vão agora em busca do inédito título do Australian Open, primeiro Grand Slam do ano, que começou a ser disputado na última segunda-feira, dia 15 de janeiro. A primeira partida da dupla, que encerrou 2017 como líder do ranking, será diante do alemão Mischa Zverev e do italiano Paolo Lorenzi, em dia e horário a serem definidos. Eles dividem a liderança do ranking mundial individual de duplas e jogam em Melbourne como os principais favoritos, os cabeças de chave número 1. De volta ao primeiro lugar em novembro do ano passado, Melo já soma em sua carreira 38 semanas no topo.
 
Quatro jogos, quatro vitórias e o primeiro título da temporada 2018 – O mineiro Marcelo Melo, 34 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 35 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Em 2017, a dupla Melo e Kubot disputou 24 torneios, conquistou seis títulos, venceu 51 jogos, com apenas 18 derrotas. Entre essas vitórias está a 400ª da carreira do brasileiro, obtida na estreia em Roland Garros. Melo, que encerrou 2017 como número 1 do mundo, ocupou a liderança do ranking pela primeira vez em 2015.
 
Neste começo de temporada 2018, foram quatro jogos e quatro vitórias no ATP 250 de Sidney, com a conquista do primeiro título do ano. Melo, que encerrou 2017 como número 1 do mundo, ocupou a liderança do ranking pela primeira vez em 2015. 
 
Principais conquistas na carreira - O primeiro título em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam - Roland Garros 2015 e Wimbledon 2017 -, além de um vice em Londres (2013) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Paris, em novembro de 2017, chegou ao oitavo, depois de ganhar Shangai (2013 e 2015), Paris (2015), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook