Marcelo Melo termina melhor temporada da carreira e volta ao Brasil em dezembro

O vice-campeonato no ATP Finals, no domingo (20), em Londres, ao lado de Lukasz Kubot, encerrou um ano de muitas conquistas. Agora, um período de descanso, antes de começar a se preparar para 2018 / Foto: DivulgaçãoO vice-campeonato no ATP Finals, no domingo (20), em Londres, ao lado de Lukasz Kubot, encerrou um ano de muitas conquistas. Agora, um período de descanso, antes de começar a se preparar para 2018 / Foto: Divulgação

Londres - Após terminar a disputa da melhor temporada de sua carreira, o mineiro Marcelo Melo faz uma pausa para descansar, antes de começar a pensar nos torneios do próximo ano. E nesse período de descanso estará de volta ao Brasil. No início de dezembro, Melo desembarca no País para cumprir os últimos compromissos de 2017 e ficar com a família.
 
Melo terminou um ano de muitas conquistas no domingo (19), com o vice-campeonato do ATP Finals, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot. No torneio, em Londres, na Inglaterra, eles foram confirmados como a melhor dupla de 2017, totalizando 9.310 pontos. Melo encerra a temporada, também, em primeiro no ranking mundial individual de duplas, com 9.220, mesma pontuação de Kubot, mas lidera por ter disputado um torneio a menos.
 
Foram duas premiações em uma única semana na capital inglesa: de parceria líder da temporada e de vice-campeões. Em 2017, a dupla comemorou 10 finais e seis títulos, entre os quais o grande sonho de Melo, o de Wimbledon, e três Masters 1000, sendo o último de Paris, em novembro, antes da disputa do Finals.
 
“O Finals foi o encerramento de uma temporada extremamente positiva. Lá eu vivi um dos dias mais felizes da minha vida, chegando ao posto de número 1 do mundo novamente, comemorando tanto no individual, quanto ao lado de Kubot", afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.
 
Números da temporada, seis títulos e 51 vitórias – O mineiro Marcelo Melo, 34 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 35 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Em 2017, a dupla Melo e Kubot disputou 24 torneios, conquistou seis títulos, venceu 51 jogos, com apenas 18 derrotas. Entre essas vitórias está a 400ª da carreira do brasileiro, obtida na estreia em Roland Garros. Melo já ocupou outras três vezes o primeiro lugar no ranking mundial individual de duplas - em 2015, 2016 e 2017.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook