Melo e Kubot estão nas quartas de final do ATP 500 de Viena

Dupla venceu na estreia o norte-americano John Isner e o canadense Daniel Nestor e, agora, enfrenta o indiano Rohan Bopanna e o uruguaio Pablo Cuevas, em busca de um lugar nas semifinais / Foto: Christian Hofer/DivulgaçãoDupla venceu na estreia o norte-americano John Isner e o canadense Daniel Nestor e, agora, enfrenta o indiano Rohan Bopanna e o uruguaio Pablo Cuevas, em busca de um lugar nas semifinais / Foto: Christian Hofer/Divulgação

Áustria - Marcelo Melo e Lukasz Kubot comemoraram nesta quarta-feira (25) a vaga nas quartas de final do ATP 500 de Viena, na Áustria, após superar o norte-americano John Isner e o canadense Daniel Nestor. A dupla – cabeça de chave 1 e campeã das duas últimas edições – venceu na estreia por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-3) e 6/4, em 1h28min, no torneio disputado em piso duro e quadras cobertas.
 
Agora, o mineiro Melo e o polonês Kubot enfrentam o indiano Rohan Bopanna e o uruguaio Pablo Cuevas, em partida marcada para esta quinta-feira (26) por volta das 14h (horário de Brasília). Bopanna e Cuevas derrotaram o alemão Philipp Kohlschreiber e o bielorusso Max Mirnyi por 2 sets a 0: 6/2 e 6/1. Em caso de vitória, existe a possibilidade de Melo e Kubot jogarem, nas semifinais, contra a dupla formada pelo também mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray.
 
Depois de um início de jogo em que viram os adversários abrirem 2/0, com um break, Melo e Kubot equilibraram a partida, devolveram a quebra para empatar em 2/2 e a definição foi para o tie-break. Melo e Kubot  dominaram e marcaram 7-3, vencendo o primeiro set.
 
Na segunda série, Isner e Nestor conseguiram uma quebra no quarto game, abrindo 3/1, mas Melo e Kubot devolveram na sequência, fazendo 3/2 e empatando em 3/3. Mais um break para marcar 4/3 e fechar em 6/4.
 
"Fizemos uma bela partida. Foi importante começar dessa maneira. Conseguimos imprimir nosso jogo, apesar de ser uma dupla muito difícil de enfrentar, pois eles sacam muito bem. Ficamos felizes com nossa atuação, especialmente no início. Então é manter o mesmo ritmo, em um torneio que costumamos jogar bem, e ficar focado jogo a jogo para poder seguir e ir o mais longe possível", afirmou Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.
 
Melo e Kubot formam a dupla número 1 do mundo na Corrida para Londres. Eles lideram o ATP Doubles Team Race to London, já classificados para o ATP Finals, que reunirá as oito melhores parcerias do ano, a partir do dia 12 de novembro, na Inglaterra. No ranking mundial individual de duplas, Melo ocupa o terceiro lugar, enquanto Kubot é o quarto.
 
Na temporada, cinco títulos e 44 vitórias – O mineiro Marcelo Melo, 34 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 35 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Em 2017, a dupla Melo e Kubot venceu 44 jogos, com apenas 15 derrotas. Entre essas vitórias está a 400ª da carreira do brasileiro, obtida na estreia em Roland Garros.
 
Das 27 conquistas de Marcelo na carreira, recordista brasileiro em títulos, cinco foram nesta temporada. O primeiro em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Agora, tem dois Grand Slam - Roland Garros 2015 e Wimbledon 2017 -, além de um vice em Londres (2013) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Madri chegou ao sétimo, depois de ganhar Shangai (2013 e 2015), Paris (2015), Toronto (2016), Cincinnati (2016) e Miami (2017).
 
Este ano, Melo e Kubot comemoraram os títulos de dois Masters 1000 - Miami (Quadra Rápida) e Madri (Saibro) –, o ATP 250 de ‘s’Hertogenbosch, na Holanda (Grama), o ATP 500 de Halle, na Alemanha (Grama), e na grama de Wimbledon, em Londres, na Inglaterra.  Foram, assim, campeões em três diferentes pisos.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook