Brasil fica com a prata na dupla masculina do tênis

Mateus Alves e Thiago Wild foram derrotados pela Argentina. Wild joga final de simples amanhã / Foto: Wander Roberto/Exemplus/COBMateus Alves e Thiago Wild foram derrotados pela Argentina. Wild joga final de simples amanhã / Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

Chile - A quadra central do complexo esportivo do Estádio Nacional de Santiago foi palco de um clássico do tênis nesta quarta-feira, dia 4. Brasil e Argentina duelaram pela medalha de ouro dos II Jogos Sul-americanos da Juventude na dupla masculina, com os hermanos levando a melhor.
 
A dupla formada por Baez e Decarrega derrotou os brasileiros Mateus Alves e Thiago Wild por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/5 e garantiram o lugar mais alto do pódio, deixando o Brasil com a prata. Nesta quinta, dia 5, o Brasil tem a chance de dar a volta por cima quando Thiago Wild enfrenta Sebastian Baez na final de simples.
 
Brasil e Argentina fizeram um jogo equilibrado, decidido nos detalhes. No primeiro set, Baez e Descarrega quebraram duas vezes o saque dos brasileiros e fecharam em 6/3. No segundo, após estar atrás em 5/3, a dupla verde e amarela buscou o empate, mas não conseguiu vencer o set. No fim, 7/5 para os argentinos. “Os adversários jogaram muito bem. Estávamos bem preparados e confiantes por causa dos nossos jogos anteriores, mas os caras jogaram um tênis melhor do que a gente. Os dois estavam muito bem, entrando em todas as devoluções, acertando saques. Demos o nosso melhor do começo ao fim. Conseguimos igualar no segundo set e tivemos um pouco de azar no último game, mas esse é o jogo. Estou contente pela medalha de prata”, resumiu o caçula da dupla, Tiago Alves, de 16 anos.
 
Nas semifinais de simples, o Brasil venceu com Thiago Wild (2 sets a 1 sobre o colombiano Nicolas Tenório) e perdeu com Mateus Alves (2 sets a 0 para o argentino Baez). A final acontece a partir das 11hs, na quadra central. Mateus disputará o bronze com o colombiano.
 
O Brasil também foi bronze na dupla feminina, com Nalanda Teixeira e Marina Figueiredo. Elas derrotaram a dupla da Venezuela por 2 sets a 0, com duplo 6/4. No simples, Marina Figueiredo perdeu para a colombiana Maria Osorio por 2 sets a 0 na semifinal e agora está na decisão do bronze.
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook