Daniel Adisaka surfa pelo seu primeiro título na final do Hang Loose Surf Attack

Daniel Adisaka / Foto: Munir El HageDaniel Adisaka / Foto: Munir El Hage

São Paulo - Um dos surfistas que representou o Brasil no Mundial Júnior da International Surfing Association (ISA), no Japão, o ubatubense Daniel Adisaka está próximo de seu primeiro título paulista. Na 4ª e última etapa do Nossolar apresenta Hang Loose Surf Attack, sábado e domingo (21 e 22), na Praia do Tombo, em Guarujá, ele será declarado campeão estadual ao chegar na semifinal da categoria mirim (sub16).
 
Mas a comemoração pode ser feita antes, caso seus rivais não avancem até essa fase. Já na disputa pelo título do Circuito, o catarinense Wallace Vasco, outro atleta que participou no Mundial do Japão, é o grande concorrente e chega em condições de igualdade. “Esse título representa muito para mim. Nunca cheguei a esse momento, em primeiro lugar do ranking e disputando o título”, revela o atleta.
 
“Estou feliz e motivado. Com certeza, vou dar o meu melhor. Não quero perder essa oportunidade. Esse título pode abrir muitas portas mim”, declara o líder do Circuito, que hoje faz parte da equipe do Instituto Gabriel Medina, em Maresias, onde mora atualmente.
 
Na disputa pelo título estadual, dois concorrentes são seus companheiros de projeto, Fernando John John e Caio Costa. Também está na briga Luan Hanada, de Guarujá. “Será uma briga bem acirrada. Vai ser bem legal o John John disputando comigo. Nós sempre surfamos juntos e tem uma regra. Dentro d’ água, nós brigamos, mas fora do mar somos amigos”, conta o atleta da seleção brasileira júnior.
 
Junto da mirim, o Nossolar apresenta Hang Loose Surf Attack conta com as categorias júnior (sub18), iniciante (sub14), estreante (sub12) e petit (sub10), além da disputa por cidades. No total, serão 150 surfistas, inclusive de outros estados, como Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e até mesmo Argentina. No sábado, a competição começa às 8 horas. No domingo, reinicia no mesmo horário.
 
Quem não puder acompanhar o evento na praia, tem a opção da transmissão ao vivo pela internet, no link hangloose.com.br/surfattack2017. Fora do mar, os atletas contam com diversas brincadeiras, como pebolim, ping pong, futebol, ginganas e sorteios.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook