Nissan apresenta o Time Nissan 2.0, grupo formado por atletas de diferentes modalidades

Equipe é formada por onze atletas, olímpicos e paralímpicos, e pelo mentor Clodoaldo Silva / Foto: Divulgação/NissanEquipe é formada por onze atletas, olímpicos e paralímpicos, e pelo mentor Clodoaldo Silva / Foto: Divulgação/Nissan

Rio de Janeiro - Em todo o mundo, a Nissan vem se dedicando e aumentando o seu apoio aos esportes. Hoje, reforça sua posição de potência esportiva global e também reafirma seu compromisso com o Brasil com o lançamento do projeto Time Nissan 2.0. Assim, a empresa inicia um novo ciclo de apoio a atletas brasileiros que se tornarão embaixadores da marca, inclusive no novo projeto com foco em promover a mobilidade para pessoas com deficiência (PCD).
 
A decisão de desenvolver um novo projeto com atletas no Brasil é resultado do sucesso do primeiro ciclo do Time Nissan, que desde a sua criação em 2012 estava previsto para se encerrar em dezembro de 2016.
 
“O que foi mais visível no primeiro ciclo do Time Nissan é que ele contribuiu para o desenvolvimento dos atletas e de várias modalidades no país, assim como também reforçou nossa imagem de marca. Mas esta parceria foi muito além. A convivência com atletas de alto desempenho foi muito enriquecedora, crescemos e aprendemos juntos. Realmente foi uma troca muito positiva. Então, como previsto, fechamos o ciclo, mas decidimos investir em um ciclo totalmente novo, que vai ter suas características próprias ao mesmo tempo em que vai se beneficiar do que já aprendemos. O objetivo é preparar os atletas para representar o Brasil e a Nissan em competições nos próximos anos pelo mundo”, afirma François Dossa, presidente da Nissan do Brasil.
 
O Time Nissan 2.0 é formado por 11 atletas de nove modalidades esportivas e pelo mentor Clodoaldo Silva, lenda do esporte com 14 medalhas em Jogos Paralímpicos, sendo seis de ouro. Este grupo reafirma um dos principais pilares da empresa, que é a diversidade. A equipe se divide em seis atletas olímpicos e seis paralímpicos – incluindo o mentor –, sendo seis homens e seis mulheres.
 
O equilíbrio entre atletas com e sem deficiência reforçam o foco da Nissan em garantir mobilidade para todos. Um compromisso que será reforçado com um novo projeto que será lançado em breve, com o principal objetivo de dar mais esclarecimento e possibilidades para os portadores com deficiência (PCD).
 
“No ano passado, tivemos contato próximo com muitas pessoas e entidades ligadas a pessoas com deficiência e vivemos suas realidades. E vimos que ainda falta muito para estarem realmente integrados com igualdade em nossa sociedade. Vamos fazer nossa parte, reforçando os exemplos de otimismo e superação dado pelos atletas paralímpicos de nosso time e, especificamente como fabricante de veículos, criando novas possibilidades para dar mais acesso a mobilidade para todos”, explica François Dossa.
 
O Time Nissan 2.0 é também uma mescla de atletas em diferentes momentos de carreira, de nomes já consagrados a jovens promessas, para tornar troca de experiências mais enriquecedora. Todos eles compartilham com a Nissan valores e atitudes como atrevimento, busca pela melhoria constante, respeito ao próximo, superação e pensamento de vencedor. Assim, o Time Nissan 2.0 conta com os atletas:
 
· Mentor: Clodoaldo Silva
· Ágatha Bednarczuk (Vôlei de Praia)
· Ana Marcela Cunha (Maratona Aquática) 
· Caio Ribeiro (Paracanoagem)
· Eduarda Lisboa (Vôlei de Praia)
· Hugo Calderano (Tênis de Mesa)
· Jane Karla (Tiro com Arco paralímpico)
· Petrúcio Ferreira dos Santos (Atletismo paralímpico)
· Renato Rezende (Ciclismo BMX)
· Susana Schnarndorf (Natação paralímpica)
· Verônica Hipólito (Atletismo paralímpico)
· Ygor Coelho (Badminton)
 
O maior objetivo do Time Nissan 2.0 é contribuir com os atletas. A Nissan entende que os integrantes do projeto têm a estrutura e o acompanhamento de técnicos e especialistas para o treinamento, então, a empresa visa apoiar o crescimento profissional do lado de fora da área de competição e também a evolução pessoal de cada um.
 
Todos os integrantes do time vão receber um Nissan Kicks, o crossover global da marca japonesa que foi lançado mundialmente primeiro no Brasil e é sucesso no mercado nacional com design marcante e equipamentos inovadores, seguindo o conceito de Mobilidade Inteligente da Nissan, que busca oferecer uma experiência de transporte mais seguro, mais inteligente e mais agradável. Os atletas vão participar de programas multidisciplinares de mentoria, coaching e workshops para melhorar a performance dos membros do time dentro e fora das competições.
 
A criação do Time Nissan 2.0 reforça a presença da marca no esporte em diferentes competições esportivas pelo mundo. A parceria com a UEFA Champions League é outro exemplo da dedicação e do crescimento da Nissan nos desportos globais, que incluem também o apoio: a grandes eventos internacionais de críquete, como as Copas do Mundo masculina e feminina da ICC (International Cricket Council); à Liga de Futebol Canadense (Canadian Football League); a Heisman Trust e a Heisman Trophy – mais importantes fundação e premiação ligadas ao futebol americano universitário nos Estados Unidos –; e ao City Football Group, que inclui os clubes de futebol do Manchester City, Melbourne City e New York City. A parceria da Nissan com a NCAA (National Collegiate Athletic Association), principal entidade esportiva universitária dos Estados Unidos, também marca o patrocínio de maior amplitude na história do esporte universitário – apoiando 100 faculdades e universidades, além de campeonatos específicos da NCAA – cobrindo 22 modalidades esportivas. Além disso, a Nissan tem uma série de embaixadores esportivos, incluindo os jogadores de futebol Gareth Bale, Sergio Agüero e Andrés Iniesta.
 
Resumo dos atletas
 
Mentor: Clodoaldo Silva (Natação Paralímpica)
Nascimento:  10 de fevereiro de 1979 (38 anos)
Cidade: Natal (RN)
Principais conquistas: 14 medalhas em Jogos Paralímpicos, sendo a última, de prata, na Rio 2016 (6 de ouro); 19 medalhas em Pan-Americanos (13 de ouro); 9 medalhas de ouro em Campeonatos Mundiais.
 
Ágatha Bednarczuk (Vôlei de Praia)
Nascimento: 22 de junho de 1983 (33 anos)
Cidade: Curitiba (PR)
Principais conquistas: medalha de prata nos Jogos Olímpicos Rio 2016; Campeã Mundial de 2015; Campeã do Circuito Mundial de 2015.
 
Ana Marcela Cunha (Maratonas Aquáticas)
Nascimento: 23 de março de 1992 (26 anos)
Cidade: Salvador (BA)
Principais conquistas: Tricampeã da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas; atleta do ano no Brasil em 2015 (COB); melhor atleta de águas abertas no mundo em 2015 (FINA).
 
Caio Ribeiro (Paracanoagem)
Nascimento: 17 de fevereiro de 1986 (31 anos)
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)
Principais conquistas: medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos Rio 2016; Campeão Mundial de paracanoagem em 2013 e 2015.
 
Eduarda Lisboa (Vôlei de Praia)
Nascimento: 1 de agosto de 1998 (18 anos)
Cidade: Aracaju (SE)
Principais conquistas: Bicampeã mundial sub-19 (2013 e 2014); medalha de ouro nas Olimpíadas da Juventude (2014).
 
Hugo Calderano (Tênis de Mesa)
Nascimento: 22 de junho de 1996 (20 anos)
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)
Principais conquistas: campeão Sul-Americano juvenil (2012); tricampeão Latino-Americano (2014, 2015 e 2016); nono colocado nos Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
Jane Karla Rodrigues (Tiro com Arco Paralímpico)
Nascimento: 6 de julho de 1975 (41 anos)
Cidade: Goiânia (GO)
Principais conquistas: medalha de ouro no Parapan-Americano de Toronto (2015); quinta colocada nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.
 
Petrúcio Ferreira (Atletismo Paralímpico)
Nascimento: 18 de novembro de 1996 (20 anos)
Cidade: São José do Brejo do Cruz (PB)
Principais conquistas: medalha de ouro nos 100m T47, medalha de prata nos 400m T47 e medalha de prata no revezamento 4x100m T47 nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.
 
Renato Rezende (BMX)
Nascimento: 28 de fevereiro de 1991 (25 anos)
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)
Principais conquistas: campeão mundial Elite Cruiser (2010); bicampeão Pan-Americano de BMX (2014 e 2015).
 
Susana Schnarndorf (Natação Paralímpica)
Nascimento: 12 de outubro de 1967 (49 anos)
Cidade: Porto Alegre (RS)
Principais conquistas: medalha de prata no revezamento 4x50 livre misto Jogos Paralímpicos Rio 2016; campeã mundial nos 100m peito (2013)
 
Verônica Hipólito (Atletismo Paralímpico)
Nascimento: 2 de junho de 1996 (20 anos)
Cidade: São Bernardo do Campo (SP)
Principais conquistas: medalha de prata dos 100m nos Jogos Paralímpicos Rio 2016; campeã mundial dos 200m T38 (2013).
 
Ygor Coelho (Badminton)
Nascimento: 24 de novembro de 1996 (20 anos)
Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Principais conquistas: Hexacampeão Pan-Americano júnior; 1º no ranking brasileiro de badminton e primeiro brasileiro a se classificar na modalidade para uma edição dos Jogos Olímpicos (Rio 2016).
 
1

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook