COB capacita 36 profissionais com foco no planejamento estratégico das entidades esportivas

E-mail Imprimir

Lançado em 2009, CAGE já formou 216 gestores esportivos ao longo de sete edições / Foto: Divulgação/Heitor Vilela/COBLançado em 2009, CAGE já formou 216 gestores esportivos ao longo de sete edições / Foto: Divulgação/Heitor Vilela/COB

Rio de Janeiro - A edição temática em Planejamento Estratégico do Curso Avançado de Gestão Esportiva (CAGE Plan), principal iniciativa do Comitê Olímpico do Brasil (COB) para capacitação de gestores esportivos, chega ao fim nesta sexta-feira, dia 2.
 
Após 13 meses de intensa programação, 36 profissionais das principais entidades esportivas do país receberão seus diplomas na sede do COB, no Rio de Janeiro, a partir das 11h30. Lançado em 2009, o CAGE já capacitou 216 gestores esportivos ao longo de sete edições.
 
Realizada pelo Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), área de Educação do COB, e com o apoio dos Programas da Solidariedade Olímpica do Comitê Olímpico Internacional, esta edição do curso teve como principal objetivo capacitar os alunos a desenvolver ou redesenhar o Planejamento Estratégico das entidades esportivas para os próximos ciclos olímpicos. 
 
“Nos últimos anos, todos os esforços estiveram voltados para os Jogos Olímpicos Rio 2016, momento mais importante da história do esporte brasileiro. Agora, novos desafios deverão ser enfrentados pelas organizações esportivas do país. Pensando nisso, o IOB desenvolveu o CAGE Plan, uma edição temática, focada em Planejamento Estratégico. Nosso objetivo é dar às Organizações Esportivas melhores condições de enfrentar os próximos ciclos olímpicos”, afirmou Augusto Heleno Pereira, diretor do Instituto Olímpico Brasileiro.
 
Além de representantes de 20 Confederações Brasileiras Olímpicas, o CAGE Plan contou também com a participação de membros das Forças Armadas (Exército e Marinha), Confederação Brasileira de Clubes, Minas Tênis Clube, Clube Esperia e Sogipa. Durante o curso, os alunos elaboraram ou atualizaram o planejamento estratégico de suas entidades, criaram um modelo de negócio para as instituições, bem como estruturaram projetos estratégicos para futuros ciclos olímpicos. 
 
Nos últimos dois dias, os gestores apresentaram seus trabalhos de conclusão, baseados nas seis disciplinas do curso: Gestão de Organizações Esportivas Olímpicas, Gestão Estratégica, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Gestão de Marketing e Organização de Grandes Eventos Esportivos. Além disso, os alunos participaram de dois treinamentos especiais: Modelo de Negócio e Gerenciamento de Projetos. O CAGE Plan teve quatro módulos pelo sistema de ensino a distância e quatro presenciais, na sede do COB. 
 
Instituto Olímpico Brasileiro (IOB) - O Instituto Olímpico Brasileiro é um centro de estudos e difusão de conhecimento de referência nacional sobre esporte olímpico. Um de seus objetivos é promover o intercâmbio e a difusão de conhecimento, a partir de cursos, seminários, congressos e demais eventos acadêmicos. O IOB visa a fomentar a pesquisa, desenvolver e manter uma base de dados de informações relacionadas ao esporte (artigos, vídeos, gravações, manuais, imagens e documentos em geral), além de promover o desenvolvimento e a elaboração de ferramentas de apoio à tomada de decisão. O Instituto tem o propósito de compartilhar as melhores práticas e tecnologias com atletas, preparadores físicos, gestores, técnicos, treinadores e demais profissionais envolvidos com o esporte.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Copa Brasil de Vela

Confira os melhores momentos da Copa Brasil 

 

 

 
Olimpíadas

Carlos Nuzman 

São Paulo - Presidente do COB fala sobre o ano de 2013 e os Jogos Olímpicos de 2016

Rip Curl Grom Search 2017

Maresias - Confira tudo o que rolou na grande final

Mascotes
Curta - EA no Facebook