Instituto Olga Kos é premiado por projeto de inclusão por meio da prática do Karate

Secretário adjunto, Silvio Garcia Júnior e a Coordenadora Geral Administrativa do IOK, Malu Alencar / Foto: DivulgaçãoSecretário adjunto, Silvio Garcia Júnior e a Coordenadora Geral Administrativa do IOK, Malu Alencar / Foto: Divulgação

São Paulo - O Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK) é uma das 10 entidades escolhidas para receber o prêmio, um reconhecimento do governo do estado à qualidade e organização na apresentação, elaboração e execução do projeto Karate DO – Passos para Inclusão IV.
 
O projeto, iniciado em fevereiro de 2016 e finalizado em janeiro deste ano, teve como objetivo a inclusão de crianças e adolescentes com deficiência intelectual, particularmente Síndrome de Down, à sociedade, por meio da prática do esporte. Além disso, buscou trabalhar os aspectos físicos, motores e cognitivos dessas pessoas e aumentar a sua consciência corporal.
 
O projeto se preocupou ainda em estimular a interação social e promover a participação da família no processo de inclusão social, focando em um aprimoramento pessoal com relação aos aspectos motores, cognitivos e sociais. 50 pessoas participaram das atividades, sendo que 30% das vagas foram destinadas a pessoas sem deficiência, mas com acesso reduzido a oportunidades. 
 
O Selo de Qualidade da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte é conferido às entidades que atingem a excelência nos diferentes critérios estabelecidos pela Secretaria de Esporte, Lazer e juventude, entre eles:
 
-Alcance pleno dos objetivos e metas descritas, bem como pleno atendimento ao público destinatário proposto;
 
-Apresentação de registros fotográficos e depoimentos colhidos pelos beneficiários do projeto;
 
-Plano de mídia bem elaborado e em conformidade com o aprovado pela SELJ;
 
-Fiscalização do projeto atestando a plena regularidade das ações previstas e a qualidade do material empregado, em conformidade com a planilha orçamentária;
 
-Prestação de contas em conformidade com a legislação de regência e entregue dentro do prazo legal;
 
A Lei Estadual de Incentivo ao Esporte foi regulamentada pelo decreto 55.636, de 26/03/2010, e contempla projetos vinculados às áreas educacional, formação desportiva, rendimento, socio-desportivo, participativa, gestão e desenvolvimento e infraestrutura.
 
“Cada dia mais as empresas reconhecem a importância e os benefícios de ter sua marca associada ao esporte. Leis de incentivo como esta são importantes não só para promover a formação de atletas, como também o desenvolvimento humano e estimular a inclusão por meio das práticas esportivas” atesta Wolf Kos, presidente do Instituto Olga Kos.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook