Victor Santos vence a terceira etapa do Circuito Brasileiro de Rollerski

Competição aconteceu em São Carlos entre os últimos dias 12 e 15 / Foto: DivulgaçãoCompetição aconteceu em São Carlos entre os últimos dias 12 e 15 / Foto: Divulgação

São Paulo - Para o encerramento da 3ª etapa do Circuito Brasileiro de Rollerski, no último domingo (15), ficaram reservadas as emocionantes provas de Sprint. Entre as disputas nas categorias Adulta, Sub-18 e 14, além da Paralímpica, o ponto alto foi a vitória de Victor Santos frente ao chileno Yonathan Fernandez na reta final, no duelo entre dois atletas que podem garantir a classificação para os Jogos Olímpicos de Inverno em janeiro.
 
Em dia quente e de um azul intenso no céu, atletas de Brasil, Chile e Equador, tanto no masculino quanto no feminino, realizaram a tomada de tempo qualificatória para definir as baterias finais. Se entre as mulheres, Bruna Moura fechou com o melhor tempo, provando protagonismo mais uma vez, a fase de qualificação colocou os brasileiros Victor Santos,  Paulo Santos e Lucas Lima no topo junto ao dono do melhor tempo, o chileno Fernandez.
 
Os quatro melhores colocados na qualificatória se reencontraram na derradeira final após avançarem nas quartas e semifinais. Intenso desde a largada, Fernandez abriu certa “folga” na liderança e a manteve até a reta final, porém viu Victor Santos ultrapassa-lo em manobra de grande inteligência. Na cola do chileno, o brasileiro esperou um descuido do adversário ao olhar para trás pelo lado direito e atacou pelo lado esquerdo. Quando percebeu, a ultrapassagem já havia sido feita, a poucos metros da chegada, o que eliminou o tempo de reação do chileno. Ouro para Victor Santos. Na prova feminina, novo ouro para Bruna Moura, que reinou absoluta nas provas do Circuito.
 
“O desempenho pelo Circuito de Rollerski já era esperado, pelo que venho treinando e me preparando mentalmente. Consegui fazer bons pontos para somar no ranking nessa corrida olímpica. Estou feliz e agora vou em busca da vaa na Europa, nas provas da temporada que são os momentos mais importantes. E lá que eu quero estar bem", comentou Santos.
 
Entre os paralímpicos, após a tomada de tempo, Fernando Aranha, Cristian Ribera e Altair Marangne ganharam a companhia de Aline Rocha para a última largada, com intervalos de tempo definidos para cada atleta. Fernando Aranha e Aline Rocha levaram o ouro das provas masculina e feminina, mas o destaque ficou por conta do jovem Cristian Ribera, talento que pode garantir vaga para os Jogos Paralímpicos de PyeongChang, está em franca evolução e ficou a apenas seis segundos de Aranha na tomada de tempo.
 
Categorias de base na pista - Nem só de provas adultas e paralímpicas o domingo foi feito. Com verdadeira invasão de 17 atletas nas categorias Sub-18 e Sub-14, o Circuito em seu último dia contou com interessantes disputas entre a base da modalidade. Com tomada de tempo intervalada realizada logo após os mais velhos, a nova geração tomou conta da pista.
 
Entre as meninas, Eduarda Ribera, a Duda, foi bem novamente e faturou mais um ouro para sua coleção, seguida de Miriene Oliveira e Mayara Silva. Na fase final entre meninos, duas baterias compostas por seis atletas definiram a largada para a grande final. Repetindo a largada com seis atletas, a final teve Claudio Gustavo no topo. Thiago Silva e Guilherme Amancio, na sequência, ficaram com a prata e bronze.
 
Resultados Sprint
 
Adulto Masculino
1º Victor Santos
2º Yonathan Fernandez (Chile)
3º Lucas Lima
 
Adulto Feminino
1º Bruna Moura
2º Gabriela Neres
3º Claudia Salcedo (Chile)
 
Sub-14 Masculino
1º Claudio Gustavo
2º Thiago Silva
3º Guilherme Amancio
 
Sub-18 Feminino
1º Eduarda Ribera
2º Miriene Oliveira
3º Isabelly Silva
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook