Snowland investe em mão de obra da região para formar instrutores

Na foto, Guilherme Ribeiro com medalhas conquistadas no Campeonato / Foto: Anderson GradeNa foto, Guilherme Ribeiro com medalhas conquistadas no Campeonato / Foto: Anderson Grade

Rio Grande do Sul - Como um parque de um país que não tem neve, tem instrutor de esqui e snowboard? Esta é uma das muitas perguntas que são feitas aos diretores e colaboradores do Snowland, o primeiro parque de neve indoor das Américas, instalado em Gramado.
 
E a resposta não é tão difícil assim, já que o parque passou a investir em mão de obra local e muito, mas muito mesmo em treinamento. E os resultados são surpreendentes, já que em setembro o instrutor Guilherme Ribeiro conquistou medalha de Ouro na categoria Slalon Gigante, e de Prata, na Boardercross, no 23º Campeonato Brasileiro de Snowboard, em Corralco, no Chile.
 
De acordo com o diretor executivo do Snowland, Paulo Mentone, a estratégia de valorizar a mão-de-obra da região tem dado muito certo. Tanto que o parque estabeleceu o treinamento indoor no Snowland durante um determinado período, e depois envia os instrutores para Bariloche. Em agosto e setembro, 12 instrutores foram para a estação de neve argentina. “Nosso objetivo é disseminar a cultura da neve no Brasil e, desta forma, fomentar também o desenvolvimento e a prática de esportes nesse estilo”. 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook