Nova geração é destaque da 2ª etapa do Brasileiro de Rollerski

Victor Santos e Bruna Moura dominam as disputas da categoria adulto e novos talentos despontam durante o evento realizado no Parque Ecoesportivo Damha / Fotos: DivulgaçãoVictor Santos e Bruna Moura dominam as disputas da categoria adulto e novos talentos despontam durante o evento realizado no Parque Ecoesportivo Damha / Fotos: Divulgação

São Paulo - Durante os dois dias de provas válidas pela 2ª etapa do Circuito Brasileiro de Rollerski, na quarta (12) e quinta (13), o Parque Ecoesportivo Damha, em São Carlos (SP), recebeu mais de 40 atletas que competiram em alto nível em diferentes formatos, Sprint e Skiathlon, além do Revezamento Misto para os atletas das categorias Sub-18 feminino e Sub-14 masculino. Já no Paralímpico, os atletas disputaram uma prova de Sprint e uma de Distancia com largada intervalada.
 
No primeiro dia, todos os atletas disputaram uma prova de Sprint, competição mais curta da modalidade com disputas dividas em uma tomada de tempo e baterias finais. No masculino, a final foi disputada entre Victor Santos, Altair Firmino, Paulo Santos e Lucas Martins, com vitória de Victor, atual líder do Circuito.
 
“A prova foi muito disputada, aonde eu consegui impor meu ritmo e cansar os adversários e vencer o Sprint no final” comentou o atleta após cruzar a linha de chegada.
 
No feminino, assim como Victor, Bruna Moura contabilizou sua segunda vitória no Sprint no Circuito desse ano. Destaque também para as vitórias de Rhaick Bomfim e Eduarda ribera, na categoria Sub-18 masculino e feminino, respectivamente. Entre os mais novos Rafael Meira se sagrou vitorioso na categoria Sub-14 que contou com a participação de 11 jovens atletas.
 
Aline Rocha e Fernando Aranha conquistaram as últimas duas medalhas de ouro do dia, vencendo as disputas da categoria sitting feminino e masculino.
 
No dia 13, o Parque presenciou 3 tipos diferentes de prova que demandaram intenso trabalho dos organizadores do evento. “Conseguimos realizar com sucesso diferentes formatos de largada que implicam na rápida mudança do layout do estádio, sendo uma experiencia importante para o Comite Organizador da prova que contou com o reforço de cinco participantes do nosso I Curso de Gestão de eventos”.
 
Rhaick repetiu a vitória no Sub-18, assim como Victor Santos e Bruna Moura na categoria adulto, na disputa do Skiathlon, prova que combinou 5 km em técnica clássica com 5 km em técnica livre.  “Essa etapa do Circuito foi muito interessante para mim. Mesmo levando como "provas-treino", principalmente por eu ter iniciado os treinos de intensidade há somente uma semana, eu tinha o objetivo de manter a liderança. Mas vencer nas duas provas foi bem mais difícil do que eu esperava. ” Comentou Bruna ao término das competições.
 
Já os mais novos disputaram a prova de revezamento misto, onde 9 equipes de 3 jovens atletas protagonizaram disputas emocionantes, incluindo a chegada mais apertada do dia na briga pela a medalha de prata, onde Christopher Lun ultrapassou Thiago Silva no último metro da prova, deixando sua equipe atrás apenas dos vencedores Samuel Meira, Taynara Silva e Rodnei Souza.
 
Os atletas paralímpicos do sitting encararam 8 km na prova de distância com largada intervalada, sendo introduzido pela primeira vez no Circuito, o fator de correção utilizado pelo IPC – Comite Paralímpico Internacional, para ajuste dos tempos. O jovem atleta Cristian Ribera, que vem surpreendendo os treinadores com sua evolução no último ano, fez mais uma ótima prova, terminando a apenas 27 segundos do vencedor da prova, o representante do Brasil nas Paralímpiadas de Inverno de Sochi 2014, Fernando Aranha.
 
Os atletas brasileiros viajam em Agosto e Setembro à Ushuaia (Argentina), Termas de Chillan (Chile) e Cavihaue (Argentina) onde treinarão e competirão pelos Campeonato Brasileiro e Campeonato Brasileiro júnior de Cross Country, ambos válidos como provas FIS.
 
O Circuito Brasileiro de Rollerski volta às pistas em outubro para mais uma etapa no Parque Ecoesportivo Damha, em São Carlos (SP), dessa vez, válida para o ranking internacional de Cross Country da Federação Internacional de Ski (FIS).
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook