Campeão mundial Tiago Camilo apoia movimento dos clubes junto ao COB

Judoca medalhista olímpico do Pinheiros também é presidente da Comissão de Atletas do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) / Foto: DivulgaçãoJudoca medalhista olímpico do Pinheiros também é presidente da Comissão de Atletas do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) / Foto: Divulgação

São Paulo – No ano em que anuncia a aposentadoria dos tatames, Tiago Camilo opta por manter sua contribuição ao esporte. Na condição de presidente da Comissão de Atletas do Comitê Olímpico Brasileiro, o judoca reforça o apoio ao movimento lançado pelos clubes olímpicos nesta semana no Rio de Janeiro, reivindicando voz ativa junto ao COB.
 
“Todo movimento nobre em favor do esporte, isento de interesses pessoais e financeiros, merece apoio. Os atletas pertencem aos clubes que lhes oferecem amplo suporte. É justo que os clubes recebam do COB esse mesmo suporte”, defendeu Camilo, campeão mundial em 2007 e ganhador de duas medalhas olímpicas, prata nos Jogos de Sydney, em 2000 e bronze em Pequim, em 2008.
 
Como presidente da Comissão de Atletas, Camilo tem a função de atuar em meio ao triângulo formado por COB, Ministério do Esporte e Confederações. “Somos um grupo de 12 atletas na comissão. Queremos ter mais controle nas ações executivas e organizar a distribuição de verbas com lisura e transparência. As confederações terão de se adequar ao estatuto do COB, sem irregularidades, para receber as verbas que lhes cabem”, adverte o judoca.
 
Gratidão ao Pinheiros – Vestir o ‘kimono azul e preto’ sempre foi desejo para Camilo, que admirava o judô praticado no clube. “O Pinheiros é o clube brasileiro que mais investe no esporte olímpico. Eu sempre quis defender o Pinheiros e realizei o sonho a partir de 2008. O clube acreditou em mim e hoje fico muito feliz por ter sido atleta do maior clube do Brasil”, enaltece o campeão mundial, aos 35 anos.   
 
A última competição de Camilo foi o Grand Prix, em março, na Alemanha. O atleta benemérito do Pinheiros possui em São Paulo, a Academia Tiago Camilo e administra o instituto de mesmo nome, de cunho social, dedicado a 700 crianças em ações esportivas, recreativas e culturais, com 100% dos recursos vindos da Lei de Incentivo ao Esporte.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook