Seleção brasileira de judô segue para Grand Slam em Tóquio

Brasil terá 14 representantes no último Grand Slam do ano, que acontece neste final de semana / Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COBBrasil terá 14 representantes no último Grand Slam do ano, que acontece neste final de semana / Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

Tóquio - A seleção brasileira de judô já está a caminho do Japão, onde disputará no próximo final de semana o tradicional Grand Slam de Tóquio, uma das etapas mais difíceis do Circuito Mundial. Foram convocados 14 atletas.
 
A equipe masculina disputa com Eric Takabatake (60kg), Phelipe Pelim (60kg), Charles Chibana (66kg), Marcelo Contini (73kg), Victor Penalber (81kg), Eduardo Yudi (81kg), Eduardo Bettoni (90kg) e o vice-campeão mundial, David Moura (+100kg).
 
Entre as mulheres, o Brasil será representado por Stefannie Koyama (48kg), Gabriela Chibana (48kg), Jéssica Pereira (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e a campeã olímpica nos Jogos Rio 2016 Rafaela Silva, que busca sua primeira medalha de ouro em Grand Slam.
 
A programação começa na sexta-feira, dia 1º, com o sorteio das chaves. No sábado, dia 2, serão as disputas dos pesos 48kg, 52kg, 57kg, 63kg, 60kg, 66kg e 73kg. E no domingo, dia 3, as categorias 70kg, 78kg, +78kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg fecham a competição. A equipe brasileira permanecerá no Japão para treinamento de campo até 8 de dezembro, quando retorna ao Brasil.
 
O Grand Slam de Tóquio será a penúltima competição da seleção no calendário 2017. Entre os dias 15 e 17 de dezembro os judocas competem no World Masters, em São Petersburgo, na Rússia.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook