Em parceria inédita, Visa e Yellow dobram seus créditos

Ação válida até 30 de novembro oferece mais minutos de uso das bicicletas  / Foto: DivulgaçãoAção válida até 30 de novembro oferece mais minutos de uso das bicicletas / Foto: Divulgação

São Paulo - Com o objetivo de facilitar a locomoção e democratizar ainda mais o transporte em São Paulo, a Yellow, empresa brasileira pioneira em soluções de mobilidade urbana individual, e a Visa, empresa de tecnologia de pagamentos, oferecem recarga em dobro para os pagamentos realizados com Visa. 
 
A recarga em dobro é limitada a R$ 20 por cartão. Trata-se da primeira campanha promocional da startup no país desde o seu lançamento, em agosto. 
 
A mecânica da ação é simples e será válida até o dia 30 de novembro. Ao realizar o pagamento do aluguel das bicicletas com um cartão Visa, o consumidor ganha o dobro de crédito. Por exemplo, se você paga com Visa R$ 5, equivalente a 1h15 de uso da bike, esse valor duplica e vira R$ 10.
 
“Visa e Yellow compartilham do compromisso de levar inovação para facilitar a vida das pessoas. Queremos, por meio dessa parceria, que mais pessoas conheçam os serviços da startup, melhorar a mobilidade urbana da cidade e reforçar os benefícios do pagamento eletrônico”, conta Fernando Pantaleão, vice-presidente de Soluções para o Comércio da Visa do Brasil.
 
“Tivemos em São Paulo uma adoção espetacular, superando até números globais. E encontrar parceiros como a Visa, que potencializam a nossa missão de incentivar ainda mais o uso das bikes pela população, nos deixa muito felizes, afirma Eduardo Musa, CEO e cofundador da Yellow.
 
A Yellow começou a distribuir bicicletas compartilhadas na capital paulista em agosto deste ano. Monitoradas por GPS, elas funcionam por meio do sistema dockless (sem estações), sendo liberadas pelo usuário no próprio aplicativo, disponível para Android e iOS. O usuário pode encontrar uma bike na rua ou localizar a mais próxima com a ajuda de um mapa. Carrega créditos de R$ 5 a R$ 40 e usa o app também para ler o código de barras QR na parte de trás da bicicleta e destravar o cadeado. Quando terminar de usar a bike, o usuário pode deixá-la em qualquer lugar onde o estacionamento de veículos seja permitido e onde não atrapalhe os pedestres. Para finalizar o uso, a trava do cadeado é manual. A recarga em dobro é limitada a R$20 por cartão. A empresa também já começou operar patinetes elétricas na cidade de São Paulo. Consulte termos e condições em www.visa.com.br/yellow
 

Veja Também: 

 

 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook