Vanderlei Cordeiro de Lima é a atração do Treine com os Campeões no sábado

Vanderlei Cordeiro de Lima  / Foto: Cadu VigiliaVanderlei Cordeiro de Lima / Foto: Cadu Vigilia

São Paulo - Neste sábado, dia 12, os fãs de corridas e quem está se preparando para o 33º 10 KM Tribuna FM-Unilus tem um encontro imperdível, em Santos. O herói olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima é o convidado do projeto Treine com os Campeões, às 9 horas na Concha Acústica, na Praia do Gonzaga, junto ao Canal 3.
 
Aberto a todos interessados, o evento terá um bate-papo com o ícone das corridas e depois um treino nas areias da praia, em ritmo que todos possam acompanhar.
 
Em sua história vitoriosa, Vanderlei foi campeão dos 10 KM Tribuna FM em 1997, com recorde. Naquele ano, cruzou a linha de chegada em incríveis 28min01s, mesmo com o percurso mais difícil que o atual e fazendo o famoso “aviãozinho” para comemorar a conquista, que lhe valeram preciosos segundos a fazer o ziguezague nos metros finais.
 
“Dentre as muitas recordações que tenho na carreira, guardo com carinho a vitória nos 10 KM em Santos, pelo apoio que recebia do público e pela excelente marca que fiz. É uma grande prova, sempre foi. Incentiva muita gente a iniciar no esporte e a participação popular é fantástica”, comenta Vanderlei.
 
Sua marca durou 14 anos, até que Marilson Gomes dos Santos baixasse dois segundos, para ser o hexacampeão. Vanderlei comemorou o feito do amigo. “Recordes são feitos para serem superados”, comentou o atleta, que voltou a fazer o aviãozinho, num momento que ficou na história mundial do atletismo, com o bronze na maratona dos Jogos Olímpicos de Atenas 2004.
 
Depois de ser atrapalhado no percurso, quando liderava, voltou à prova e terminou comemorando. Muitos poderiam reclamar que estavam na frente e foram prejudicados, mas Vanderlei queria só agradecer sua conquista. “Quando comecei a competir, meu sonho era ganhar uma medalha olímpica. Quando ganhei o bronze, eu era o mais realizado. Para quem saiu do interior e só queria conhecer as cidades vizinhas, estava no lucro. Independente da cor da medalha, eu estava no pódio”, argumenta Vanderlei.
 
O feito lhe valeu a Medalha Barão de Coubertin, honraria do Comitê Olímpico Internacional para pouquíssimos atletas no Mundo (o único brasileiro a vencer) enaltecendo seu grau de esportividade e espírito olímpico. “Quando cheguei no Estádio Panathinaikos e senti que já tinha ganhado o bronze, esqueci daquilo que tinha ocorrido no quilômetro 35. A minha conquista foi maior que a decepção de não ter ficado com o ouro. Nunca vou reclamar da vida. Eu só tenho que agradecer a Deus por tê-la me dado", fala.
 
“A história do Vanderlei é incrível e os 10 KM Tribuna FM-Unilus e Santos fazem parte dessa trajetória. Vai ser muito interessante ouvi-lo falar sobre corrida, sobre superação e, claro, dar dicas. Ele é um ícone, uma referência. Vale a pena a presença neste sábado. Vamos encerrar esse projeto, que já teve outros dois grandes nomes, o Valmir Nunes e o Marilson Gomes dos Santos, com chave de ouro”, convida o diretor-presidente de A Tribuna, Marcos Clemente Santini.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook