Corrida de São Sebastião reúne devotos e atletas de ponta no próximo sábado

A tradicional prova que abre o calendário esportivo do Rio de Janeiro será realizada no Aterro do Flamengo e contará com 5 mil corredores / Foto: Cláudio TorósA tradicional prova que abre o calendário esportivo do Rio de Janeiro será realizada no Aterro do Flamengo e contará com 5 mil corredores / Foto: Cláudio Torós

Rio de Janeiro - Uma das características marcantes de qualquer corredor, seja amador ou não, é a fé em cumprir seus objetivos. Mas a Corrida de São Sebastião é marcada também por outro tipo de fé, já que a devoção de alguns participantes ao santo guerreiro, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, também se faz presente entre os cinco mil corredores que se encontrarão no Aterro do Flamengo, para a largada, no próximo sábado, dia 20 de janeiro, às 7h30. Um deles, João Desterro, de 67 anos, até já sonhou com o santo na véspera de uma das edições da tradicional prova há alguns anos atrás.
 
"Na época, eu estava realizando alguns estudos paralelos ao trabalho e um deles era relacionado aos sonhos. E faltando dois dias para a corrida, acabei sonhando que chegava a um lugar e ia me encontrar com um santo e era justamente São Sebastião. Aquilo me marcou muito e fiz uma das melhores corridas da minha vida", disse Desterrom, que pretende ficar entre os três primeiros em sua faixa etária. "Eu corro desde que era garoto e me sinto bem preparado para mais uma. Adoro essa corrida! Só perdi uma ou duas edições desde que ela começou a ser organizada", concluiu o devoto.
 
Reza a lenda de São Sebastião que ele foi condenado a morrer alvejado por flechas por um ditador romano mas que se recuperou dos ferimentos e voltou ao palácio para enfrentar, mais uma vez, o tirano em nome da fé. Um exemplo de coragem e persistência, duas características marcantes em atletas de topo. O alto rendimento será representando por corredores de elite mas também por atletas de outras modalidades que adotam a corrida de rua como preparação. Entre eles, está o vice-campeão sul-americano de pentatlo moderno, Danilo Fagundes. 
 
A lista dos corredores de elite é grande e conta com nomes como Giovani dos Santos, atual campeão; Gilmar Silvestre Lopes e Damião Ancelmo de Souza, os três melhores brasileiros no ano passado; Edwin Kipsang Rotich (Quênia), vencedor das edições de 2012 e de 2013; Esther Chesang Kakuri (Quênia), vice-campeã no ano passado, Joziane da Silva Cardoso, campeã da Meia Maratona do Rio de Janeiro em 2017 e Mirela Saturnino de Andrade, vice-campeã da Maratona do Rio, também em 2017.
 
"Esse ano temos atletas brasileiros de altíssimo nível que acreditamos que irão disputar um lugar no pódio de igual para igual com os melhores nomes estrangeiros. A mistura dos amadores que são devotos ou apenas gostam de participar de uma corrida bem organizada num cartão postal com esse pelotão de elite é um dos grandes charmes da corrida", disse João Traven, sócio-diretor da Spiridon Eventos, empresa que organiza a prova, lembrando que a elite dos 10km contará com 40 homens e 20 mulheres.
 
As áreas do evento serão abertas às 6h30 e a largada acontece às 7h30, próxima a Praça Cuauhtemoque. No percurso mais longo, os cinco primeiros colocados das categorias masculina e feminina receberão prêmios em dinheiro e troféus. No mais curto, os cinco melhores classificados também receberão troféus.
 
Corrida de São Sebastião CAIXA:
 
Data: 20 de janeiro
 
Local: Aterro do Flamengo, entre as ruas Cruz Lima e Tucumã
 
Abertura das áreas do evento: 6h30 / Largada: 7h30
 
Distâncias: 5km e 10km
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook