33º 10 Km Tribuna FM-Unilus é confirmado para o dia 20 de maio de 2018

Assinatura do contrato 2018, por Marcos Santini e Nelson Teixeira / Foto: Fábio MaradeiAssinatura do contrato 2018, por Marcos Santini e Nelson Teixeira / Foto: Fábio Maradei

São Paulo - Em time que está ganhando não se mexe. O 33º 10 KM Tribuna FM-Unilus está confirmado para o dia 20 de maio de 2018 e, pelo oitavo ano seguido, terá o Centro Universitário Lusíada (Unilus) como patrocinador master. O anúncio da maior corrida de rua do País na distância foi feito em encontro do diretor-presidente de A Tribuna, Marcos Clemente Santini, com o presidente da Fundação Lusíada e reitor do Unilus, Nelson Teixeira.
 
Tradicionalmente realizada no terceiro domingo de maio, a prova deve reunir mais de 20 mil atletas nas ruas de Santos, como vem ocorrendo nas últimas edições. Neste ano foram 21,6 mil participantes, garantindo uma grande festa do esporte em todo o percurso. “A expectativa é muito positiva. Vamos colocar 22 mil inscrições à disposição. É um dia especial, que a população sai de suas casas para acompanhar. Só a prova da Tribuna tem isso no Brasil”, destacou Santini.
 
Acompanhado da diretora de marketing de A Tribuna, Renata Santini Cypriano, ele também enalteceu a renovação do patrocínio master pelo oitavo ano seguido. “Desde que o Unilus entrou, a corrida cresceu muito, sobretudo por ter o doutor Nelson à frente. A gente troca muitas ideias, sempre pensando no sucesso do evento. E essa parceria vai seguir muito mais, porque deu certo. É muito importante ter o respaldo de uma instituição como Unilus ao nosso lado”, comentou o diretor-presidente de A Tribuna.
 
Nelson Teixeira evidenciou a parceria, iniciada bem antes com patrocínio de outros eventos esportivos do Sistema A Tribuna de Comunicação, incluindo a equipe A Tribuna/Unilus de Ciclismo Feminina. Para ele, investir no esporte é garantir a prevenção de saúde para a comunidade. “Mais uma vez estamos juntos. Isso faz parte da filosofia da nossa Instituição. A educação de qualidade, a saúde e o esporte faz parte do aprendizado”, disse.
 
O presidente da Fundação Lusíada e reitor do Unilus lembrou a forte ligação da instituição com a promoção da saúde, com os cursos presenciais de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Biomedicina, Fonoaudiologia e radiologia, e também o apoio aos jovens. “Tanto que temos uma academia, o Centro de Saúde Escola e o ginásio. Fizemos tudo para atender os jovens”, relatou, também citando outra iniciativa da Instituição, o Colégio Unilus.
 
“Uma escola gratuita para jovens menos favorecidos, dando chances para talentos”, reforçou. “Essa corrida é uma festa e nós precisamos disso. Esse é o oitavo ano e desde que assinamos pela primeira vez, falamos que seria duradouro. Está dentro da nossa filosofia, de atender a comunidade de Santos”, completou o educador.
 
Também participaram do encontro o segundo vice-presidente da Fundação Lusíada, Edmundo Ribeiro de Mendonça Neto, o diretor financeiro da Instituição, Arnaldo Joaquim, a professora Beatriz Berenchtein, coordenadora de pós-graduação, pesquisa e extensão do Unilus; o diretor superintende de A Tribuna, Paulo Naef, a editora-executiva de A Tribuna, Arminda Augusto e o gerente comercial e de marketing da Tri FM, Davidson Iuspa. “Ter o Unilus como patrocinador pelo oitavo ano seguido ratifica o sucesso do evento”, evidenciou Davidson, que atua como coordenador geral do evento.
 
Realizada, ininterruptamente, desde 1986, a prova é hoje a maior do Brasil nos 10 km. Além do alto nível técnico dos atletas em busca das vitórias, se destaca por seu percurso totalmente plano, feito em vias largas, garantindo o título de “a mais rápida” e ideal para marcas pessoais. Outra grande atração é a participação popular, seja na torcida, sobretudo nos dois últimos quilômetros, na praia, ou nos tradicionais pelotões, grupos formados por academias, empresas e associações, participando uniformizados, para garantir uma grande festa.
 
Neste ano, por exemplo, só uma academia a Up! Fitness levou nada menos que 1.205 pessoas com sua camisa. Na disputa pelos primeiros lugares, os africanos vinham dominando os últimos seis anos, mas a brasileira Tatiele Roberta de Carvalho quebrou essa hegemonia com a vitória feminina. No masculino, o queniano Paulo Kipkemoi garantiu o bicampeonato, a 17ª conquista de seu país, a 21ª vitória do continente africano.
 
OS CAMPEÕES DOS 10 KM TRIBUNA FM-UNILUS
 
32ª edição – 2017
Paul Kipkorir Kipkemoi (Quênia) – 28min27s
Tatiele Roberta de Carvalho – 33min30s
 
31ª edição – 2016
Paul Kipkorir Kipkemoi (Quênia) – 28min55s
Failuna Abdi Matanga (Tanzânia) – 32min48s
 
30ª edição – 2015
Edwin Kipsang Rotich (Quênia) – 28min20s
Nancy Jepkosgei Kiprop (Quênia) – 32min28s
 
29ª edição – 2014
Joseph Kachapin Aperumoi (Quênia) – 28min17s
Nancy Jepkosgei Kiprop (Quênia) – 32min13s
 
28ª edição – 2013
Edwin Kipsang Rotich (Quênia) – 27min45s (recorde)
Nancy Jepkosgei Kiprop (Quênia) – 32min36s
 
27ª edição – 2012
Mark Korir (Quênia) – 28min01s
Paskalia Kipkoech (Quênia) – 30min57s (recorde)
 
26ª edição – 2011
Marilson Gomes dos Santos – 27min59s
Eunice Kirwa (Quênia) – 32min07s
 
25ª edição – 2010
Marilson Gomes dos Santos – 28min18s
Eunice Kirwa (Quênia) – 33min04s
 
24ª edição – 2009
Marilson Gomes dos Santos – 28min16s
Eunice Kirwa (Quênia) – 32min52s
 
23ª edição – 2008
Joseph Kibiott Ngetich (Quênia) – 28min47s
Fabiana Cristine da Silva – 34min10s
 
22ª edição – 2007
Lawrence Kiprotich (Quênia) – 28min06s
Ednalva Lauriano – 33min12s
 
21ª edição – 2006
Marilson Gomes dos Santos – 28min27s
Bertha Oliva Sanches (Colômbia) – 33min23s
 
20ª edição – 2005
Marilson Gomes dos Santos – 28min30s
Margaret Karie (Quênia) – 33min56s
 
19ª edição – 2004
Benson Cherono (Quênia) – 28min10s
Ednalva Lauriano – 33min22s
 
18ª edição – 2003
Marilson Gomes dos Santos – 28min18s
Ednalva Lauriano – 33min25s
 
17ª edição – 2002
João N’Tyamba (Angola) – 28min50s
Ednalva Lauriano – 33min16s
 
16ª edição – 2001
João N’Tyamba (Angola) – 28min24s
Leah Kiprono (Quênia) – 33min44s
 
15ª edição – 2000
João N’Tyamba (Angola) – 28min27s
Fabiana Cristine da Silva – 33min22s
 
14ª edição – 1999
Nestor Garcia (Uruguai) – 28min15s
Martha Tenório (Equador) – 33min09s
 
13ª edição – 1988
Valdenor dos Santos – 28min26s
Martha Tenório (Equador) – 32min57s
 
12ª edição – 1997
Vanderlei Cordeiro de Lima – 28min01s
Carmen de Oliveira – 33min47s
 
11ª edição – 1996
Ronaldo da Costa – 28min20s
Marcia Narloch – 33min49s
 
10ª edição – 1995
Ronaldo da Costa – 28min14s
Roseli Machado – 32min12s
 
9ª edição – 1994
Luiz Antonio dos Santos – 29min25s
Leone Justino – 35min50s
 
8ª edição – 1993
Odiles Marçal – 30min30s
Leone Justino – 37min26s
 
7ª edição – 1992
Odiles Marçal – 30min46s
Sonia Maria Marques – 36min50s
 
6ª edição - 1991
Silvio Maia – 31min12s
Leone Justino – 38min38s
 
5ª edição – 1990
Silvio Maia – 31min09s
Magali Aparecida – 38min38s
 
4ª edição – 1989
José Gama Ribeiro – 34min54s
Magali Aparecida – 38min02s
 
3ª edição – 1988
Silvio Maia – 30min20s
Elisabeth Ribeiro – 40min14s
 
2ª edição – 1987
José Milton dos Santos – 41min47s
Luiza Felix do Nascimento – 50min29s
 
1ª edição – 1986
Cláudio Ribeiro – 30min53s
Rosa Maria Leal – 37min00s
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook