Corrida Insana chega a Campinas neste domingo (8)

Cidade do interior paulista será o palco da oitava etapa do circuito de 5km composto por dez obstáculos infláveis gigantes que já reuniu 35 mil pessoas em sete cidades / Foto: FMES/DivulgaçãoCidade do interior paulista será o palco da oitava etapa do circuito de 5km composto por dez obstáculos infláveis gigantes que já reuniu 35 mil pessoas em sete cidades / Foto: FMES/Divulgação

São Paulo - Campinas, um dos maiores municípios do interior do Estado de São Paulo, recebe a Corrida Insana neste domingo (8), das 7h30 às 17h, no Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim. Cerca de 5 mil pessoas são esperadas para um dia dedicado à diversão em família por meio do esporte.
 
A etapa campineira do evento criado nos Estados Unidos e que faz sua estreia no Brasil em 2017 terá uma atração extra. Juntamente com os dez obstáculos infláveis gigantes espalhados por um circuito de 5 km, o local terá o Fest Park, evento que une gastronomia, música e lazer e começa no sábado (7).
 
Ainda dá tempo de garantir participação na etapa de Campinas da Corrida Insana. Os interessados em participar podem fazer inscrição pelo site oficial: www.corridainsana.com.br ou ir direto no link: http://www.corridainsana.com.br/evento/campinas-sp-dia-8-outubro-no-parque-ecologico/#inscricoes. O preço é R$ 99,00 mais taxas. Também existe a possibilidade de se inscrever no dia e local do evento, porém, neste caso, os interessados estão sujeitos a disponibilidade de vagas restantes.
 
Retirada dos kits - A retirada dos kits do corredor, composto por medalha, camisa oficial tecido tecno dry, bandana, sacola biodegradável e número de peito, será na loja Decathlon Campinas (Rodovia Dom Pedro I, km 129, – Jardim das Palmeiras), nesta sexta-feira (6), das 13h às 21h, e no sábado (7), das 10h às 19h.
 
É preciso levar um documento de identificação com foto (carteira de identidade, CNH, carteira de trabalho ou passaporte). Em caso de retirada por terceiros, é necessário uma cópia do documento do comprador. Quem for buscar o kit de uma criança sem CPF, é indispensável levar uma cópia do documento do responsável ou da pessoa cujo CPF foi utilizado na inscrição.
 
Quem não puder ir até a loja Decathlon, tem a opção de pegar o kit no Parque Ecológico no dia da corrida. Porém, nesse caso, é necessário o pagamento de uma taxa de conveniência de R$ 10,00 por kit. Esse serviço pode ser contratado no link www.corridainsana.com.br/kits e estará disponível até as 23h59 de quinta-feira (5). Segundo a organização, após essa data, só é possível retirar na Decathlon gratuitamente até sábado ou no dia e local do evento mediante taxa de R$ 25,00 por kit.
 
Oitava etapa - Campinas será a oitava parada da caravana da Corrida Insana no Brasil em 2017. Até agora, mais de 35 mil pessoas, de crianças a idosos, colocaram um sorriso no rosto para brincar nesse verdadeiro parque de diversões esportivo. No domingo passado, Brasília recebeu cerca de 5 mil ‘corredores malucos’. Antes, São Paulo havia reunido 14 mil pessoas no autódromo de Interlagos, entre participantes, familiares, convidados e curiosos. Após a estreia em Goiás (Goiânia), o circuito passou por Minas Gerais (Belo Horizonte) e Santa Catarina (Blumenau) até chegar ao estado de São Paulo em setembro, primeiro em Ribeirão Preto, depois Sorocaba, até a etapa na Capital Paulista.
 
Diretor técnico da Corrida Insana, Fabio Avelar comemora o sucesso do evento que faz sua estreia no Brasil em 2017 após o sucesso pelo mundo (ano passado, 13 milhões de pessoas em 18 países participaram da Insane Inflatable 5k, nome em inglês). “A reação dos participantes tem sido incrível em todas as cidades que percorremos até agora. Recebemos muitas famílias e grupos de amigos. Adultos voltam a ser meninos e meninas para pular, subir e escorregar nos obstáculos. É muito legal proporcionar essa experiência”.
 
Diversão democrática - A Corrida Insana não tem restrições quanto à participação, nem limite de idade. A única exigência é que a pessoa tenha altura mínima de 1,05 metro de altura. As largadas são em ondas com cerca de 170 pessoas cada vez, o que garante segurança e permite que grupos pratiquem a atividade juntos e sem atropelos. Não há cronometragem, nem obrigatoriedade de ultrapassar todos os obstáculos do percurso. Mesmo assim, todos recebem o kit do atleta ao cruzar a linha de chegada.
 
Vem mais por aí - A Corrida Insana está licenciada para o Brasil, primeiro país latino-americano a receber o evento, para os próximos três anos. E os planos são grandiosos. Para 2018, a meta é dobrar o número de etapas, chegando a 36. “Vamos levar o circuito para as regiões do Norte e Nordeste, que não foram contempladas nesse ano, devido ao curto espaço de tempo dessa primeira temporada, na qual optamos pelas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste”, informa Fábio Avelar, diretor técnico do evento.
 
O diretor revela que tanto os obstáculos como o know-how foram importados diretamente dos Estados Unidos. “Promover esse evento exige uma estrutura enorme, porque envolve uma logística de importação dos infláveis, compressores, motores, transferência de tecnologia, treinamento com a equipe americana, licenciamento da marca, publicidade, seguros, equipamentos de estrutura, entre outros”, informa o empresário, que complementa. “Temos um contrato de exclusividade no período de 36 meses. A cada 12 meses, faremos as trocas dos infláveis a fim de oferecer um novo circuito com novos desafios a cada temporada”.
 
Conheça os obstáculos infláveis:
1 - LARGADA INSANA: a prova começa com o desafio de uma subida, seguida por um escorregador gigante.
2 – WAVERUNNER: é plano, mas cheio de lombadas e ondulações.
3 - MATTRESS RUN (Campo Minado): um teste para o equilíbrio e agilidade em um caminho cheio de buracos.
4 - BIG BALLS: Bolas gigantes surgirão à frente dos corredores e será preciso desviar.
5 - CRASH COURSE (Montanha): uma verdadeira montanha russa cheia de altos e baixos.
6 - PURE MISERY (no Sufoco): baseado nos manuais de treinamento militar, é um monstro de 30 metros de comprimento que testará força, agilidade, flexibilidade e resistência.
7 -WRECKING BALLS (Demolição): imagine bolas de demolição de prédios vindo na direção dos corredores. Ainda bem que são infláveis.
8 - JUMP AROUND: pular, saltar e descer resume este desafio.
9 - SLINGSHOT (Estilingue): o desafio é subir até o topo com a ajuda de uma corda e
escorregar.
10 - FINISH LINE: o ‘gran finale’ reúne um pouco de cada um dos obstáculos anteriores. É subir, pular e escorregar até a vitória.
 
Etapa de São Paulo:
 
Etapa de Sorocaba: 
 
Etapa de Belo Horizonte:

Veja Também: 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook