Reebok Spartan Race segue rígidas normas para garantir segurança durante a prova

O Rio de Janeiro foi escolhido para abrigar a primeira etapa de 2017 / Foto: DivulgaçãoO Rio de Janeiro foi escolhido para abrigar a primeira etapa de 2017 / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - No dia 11 de junho, a Reebok Spartan Race inicia sua segunda temporada em território brasileiro. Após realizar suas edições de estreia em Pirapora do Bom Jesus (SP) e Itaipava (RJ), respectivamente, a competição chega pela primeira vez a uma grande cidade.
 
O Rio de Janeiro foi escolhido para abrigar a primeira etapa de 2017. Além dos cuidados inerentes aos grandes eventos, a Reebok Spartan Race vem aperfeiçoando ainda mais as condições de segurança aos participantes do festival, sejam eles atletas ou espectadores.
 
Presente em mais de 26 países ao redor do mundo, a competição já recebeu mais de dois milhões de corredores em suas provas. O grande sucesso também é responsável pelo aprimoramento e atualização constante por parte dos organizadores.  Criada em 2007, no Estados Unidos, a Spartan Race segue rígidas normas de segurança em suas edições. O cuidado e preocupação com o bem-estar de seus participantes é repassado a todos os franqueados pela marca no mundo inteiro.
 
Atleta experiente, Erich Cavaleiro disputa diversas provas pelo Brasil. Após participar no ano passado da Reebok Spartan Race em Itaipava (RJ), ele ratificou o esforço da organização para que os competidores tivessem uma prova em boas condições de segurança. Detalhista, ele conta que fez questão de observar toda a parte estrutural do evento.
 
“Foi a minha primeira corrida com obstáculos. Como tenho muito tempo nas corridas, procuro observar todos os mínimos detalhes das provas. Na Spartan Race, especificamente, eu observei uma grande quantidade de staffs para cada obstáculo, orientando as pessoas para que não ocorresse aglomerações e dando dicas de segurança. Era nítido que todos os obstáculos haviam passado por uma inspeção, com uma estrutura muito firme. Isso deu tranquilidade para que as pessoas desfrutassem por inteiro de todo o percurso”, contou.
 
Assim como em tantos outros eventos de grande porte, a Reebok Spartan Race tem todo o seu percurso vistoriado e chancelado pelo Corpo de Bombeiros. A Corporação, responsável pela inspeção e emissão de alvarás em eventos realizados no Rio de Janeiro, possui uma série de exigências de segurança para a liberação de um evento.

Veja Também: 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook