Magno Nazaret conquista o tricampeonato na Volta Ciclística do Uruguai

A paranaense Nathalia e o mineiro João, campeões em 2017 / Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76A paranaense Nathalia e o mineiro João, campeões em 2017 / Foto: Luis Claudio Antunes/Bike76

Uruguai - O brasileiro Magno do Prado Nazaret, da Funvic/São José dos Campos, entrou para o 'hall da fama' da Volta Ciclística do Uruguai, depois de conquistar, neste domingo, dia 1º, o seu terceiro título, o segundo consecutivo, nesta que é considerada a mais importante competição por etapas da América do Sul.
 
Na última etapa entre Melo e Montevidéu, com 145 km, Magno Nazaret chegou em uma fuga com outros ciclistas e manteve a vantagem de 23 segundos para o argentino Juan Pablo Dotti, da SEP,  tornando-se o primeiro estrangeiro a vencer três edições Volta do Uruguai (2012, 2017 e 2018). Federico Moreira, da Cerro Largo, ficou com a terceira posição, atrás 57 segundos do campeão.
 
Ainda emocionado, Magno enfatizou a importância do trabalho de todo o grupo na conquista de mais um título em sua carreira. "Eu devo isso a todo mundo, a toda essa estrutura, a todos os meus companheiros, mecânicos, massagistas, diretor, técnico, patrocinador, a todo mundo. Foram 1.600 km, a gente lutando pra chegar em Montevidéu campeão, isso não tem preço", disse o tricampeão. 
 
A Funvic ainda teve Flávio Santos em quinto lugar na geral e André Gohr, também em quinto lugar na geral Sub23.
 
Além do título individual, a Funvic/São José dos Campos, também comemorou o título por equipe, garantindo o lugar mais alto no pódio com o tempo de  116h00min01, deixando em segundo lugar a equipe de Ribeirão Preto, atrás 3min26. O terceiro lugar ficou com Virgem de Fátima, da Argentina, a 8min40.
 
O técnico da equipe joseense, Francisco Manzo, comemorou bastante o resultado. "Primeiramente, queria agradecer a Deus por essa vitória e também a toda equipe que trabalhou junta para que pudêssemos chegar a esse tricampeonato do Magno e da equipe Funvic, que não foi fácil, já que nossos adversários estavam em um nível de competição bem elevado e isso, é claro, engrandece ainda mais os nossos títulos", enfatiza.
 
"Queria também agradecer aos nossos patrocinadores e ao nosso diretor esportivo Benedito Tadeu, pela confiança em dirigir a equipe aqui no Uruguai. Agora é hora de voltar para casa, descansar um pouco e depois voltar nossas atenções para os próximos compromissos da temporada", finaliza Manzo.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Curta - EA no Facebook