Ribeirão Preto vence etapa da Copa SP e se mantém na liderança

Plantel comandado pelos técnicos Fernando Bassanezi e Thiago Nardin faturou 12 pódios em Bauru no último domingo (1º) e é líder isolado da competição / Foto: Martinez Comunicação Plantel comandado pelos técnicos Fernando Bassanezi e Thiago Nardin faturou 12 pódios em Bauru no último domingo (1º) e é líder isolado da competição / Foto: Martinez Comunicação

São Paulo - A Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto Base (São Francisco Saúde/Powerade/SME) provou, mais uma vez, eficácia e força na Copa São Paulo. No último domingo (1º), o elenco comandado pelos técnicos Fernando Bassanezi e Thiago Nardin venceu a nona etapa da competição, disputada em Bauru e se manteve na liderança do certame estadual. Com 12 pódios, o time foi campeão da fase e agora soma cinco títulos em nove etapas disputadas.
 
Todos os ribeirão-pretanos presentes à prova subiram no pódio. Entre as mulheres, 100% de aproveitamento na categoria Júnior (única para as mulheres na competição): Cecília Lance campeã, Bruna Zaparoli em terceiro e Ana Beatriz Silva em quarto lugar.
 
Nas divisões masculinas, vitória também na infanto-juvenil: Matheus Castro em primeiro, Lucas Silva em segundo, Victor César em terceiro e Lucca Marques na quarta posição. Pódios ainda entre os juvenis (Márcio Machado e Matheus Prado em terceiro e quinto, respectivamente) e juniores (João Pedro Rossi campeão, Luiz Bezerra medalha de bronze e Renan Izzo em quarto).
 
“Foi um circuito relativamente tranquilo, sem subidas, mais plano e bem elogiado por todos. Armamos nossas estratégias para cada categoria e vencemos em três das quatro que participamos. E isso é gratificante para a gente. Competimos em 12 ciclistas e pela primeira vez na copa SP conseguimos pódios com todos os selecionados para essa prova. Agora faremos um período de recuperação para as próximas etapas final de outubro e início de novembro”, avaliou Nardin.
 
“Mais uma vez os atletas deram show de competência. Uma prova rápida, com circuito que não era muito técnico, mas que exige demais da parte física. As estratégias que elaboramos para cada uma das categorias foram colocadas em prática, tanto que dominamos pódios. Fizemos um trabalho específico focado no Sprint e a prova dos juniores, por exemplo, foi definida assim. Os atletas mostram amadurecimento a cada prova, fazendo ótimas leituras das situações de treinos e corridas e estamos muito felizes com esse trabalho. Eles estão assimilando cada vez mais facilmente o que estamos passando pra eles. Vamos firme para as etapas finais”, adicionou Bassanezi.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook