Salomão Ferreira vence "La Vuelta Romeiros" 2018

Henrique Avancini ficou com a vitória em Ouro Preto / Foto: DivulgaçãoHenrique Avancini ficou com a vitória em Ouro Preto / Foto: Divulgação

São Paulo - Neblina, frio e um grande desafio para os músculos encarar: a subida do Tira-saia. Foi assim que começou a primeira edição da "La Vuelta Romeiros", a prova de ciclismo que aconteceu neste domingo, na Estrada dos Romeiros, um dos principais roteiros do cicloturismo em São Paulo.
 
 O trajeto de 80 quilômetros cruza Cabreúva, Pirapora do Bom Jesus e Itú e reuniu cerca de 400 competidores, às 8h, em frente ao Clube Atlético Cabreuvano.
 
Às 6h da manhã os primeiros competidores começaram a chegar na arena para retirar os kits e preparar as bicicletas. O percurso é um velho conhecido de grande parte dos atletas, que utilizam a rota para treinos longos, já que ele comporta subidas, descidas, curvas acentuadas e trechos planos.
 
Para o vencedor da prova masculina, Salomão Ferreira, da equipe de Guarulhos, tudo era novidade. “Foi a primeira vez que eu percorri esse trajeto e ouvi todo mundo falando sobre a Tira-saia. Fiquei esperando essa subida chegar e me esforcei bastante para ficar no pelotão. Como eu não conhecia o percurso, acabei desacelerando nas descidas e investindo nos trechos planos”, conta. Salomão gravou na memória a localização de uma placa que avisava quando os competidores chegassem no quilômetro final, para poder dar um sprint.
 
Já para Caio Guatelli, que ficou em 5° no pódio geral e em primeiro em sua categoria, a Tira-saia é um rival de anos. “Quem conhece a prova sabe que não adianta tentar ir rápido. A subida é longa, tem mais de 1,5 quilômetro, muita gente quebrou”, afirma. O ciclista conta que faz um mês e meio que voltou a treinar depois de um acidente e que não competia há um ano. Sobre a prova, Caio caprichou nos elogios: “o mais legal nessas provas é a capacidade de você ultrapassar os seus limites, e a organização proporcionou isso: nos deu água, carros e motos de apoio. Me diverti bastante!”.
 
Flora Meirelles foi a campeã de La Vuelta Romeiros, na categoria feminina, e na chegada já fazia plano para as próximas edições. “A organização foi nota mil, não tivemos nenhum problema. Percurso bem-sinalizado, ambulância nas curvas, polícia retendo o trânsito… tudo perfeito! Temos 11 pessoas da equipe na competição e na próxima viremos em 20!” fala. 
 
Organização - Alexandre Carmona, sócio da agência de comunicação Innova – All Around the Brand, foi um dos organizadores da prova e afirma que o sucesso de La Vuelta Romeiros é mais um incentivo para a realização de próximas etapas. “O nosso objetivo, agora, é transformá-la em uma prova calendário, realizar premiações e conseguir fechar o percurso para as próximas edições”, conta.
 
Para deixar a experiência ainda mais memorável, a equipe preparou uma arena com food trucks, espaço para reparos da bike e local para fotos. Tudo organizado para fazer a experiência ser incrível. 
 
Resultados
 
Masculino
1° Salomão Ferreira
2° Fábio de Almeida
3° Emerson Tomaz
4° Samuel Spexotto da Silva
5° Caio Guatelli
 
Feminino
1° Flora Meirelles
2° Tamara Vilela
3° Evelyn Quilles Moura
4° Juliana Buzolin
5° Mariana Medeiro
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Curta - EA no Facebook