Campeões brasileiros de Canoagem Descida são definidos no MS

Campeonato Brasileiro de Canoagem Descida contou com a participação de mais de 50 atletas de 5 estados / Foto: Divulgação CBCaCampeonato Brasileiro de Canoagem Descida contou com a participação de mais de 50 atletas de 5 estados / Foto: Divulgação CBCa

Mato Grosso do Sul - Depois de dois dias de disputas no rio Aquidauana, no distrito de Piraputanga no MS, o Campeonato Brasileiro de Canoagem Descida chegou ao fim. Os 53 atletas de todo o país disputaram metro a metro do rio em busca da medalha de ouro em provas clássicas (5 km de percurso) e Sprint (1km de percurso), de 7 categorias.
 
O rio Aquidauana é um rio com corredeiras de nível II ou III e profundidade média de 2,5 e foi o palco de várias disputas acirradas, mas com pódios repetidos nas provas Clássica e de Sprint em quase todas as categorias.
 
No K1 Masculino os pódios foram monopolizados por atletas do Mato Grosso do Sul. Rafael Girotto sagrou-se campeão, com Daniel Hayashi em segundo lugar e Gustavo Figueiró em terceiro. No K1 Sênior Feminino também tivemos pódios iguais. A atleta Luiza Duarte foi a campeã com Lais Messias e Rose Pereira em segundo e terceiro lugares, respectivamente. No K1 Júnior o primeiro lugar ficou com o atleta catarinense Rafael Olari, tanto no Clássico quanto no Sprint. A última categoria a ter o mesmo pódio nas duas provas foi a Dupla Masculino, nela, Fernando Rufino e Patrick Pisoni garantiram a primeira colocação, seguidos por Daniel Hayashi e Wilson Hiroshi e, na terceira colocação os catarinenses Renato Fritz e Osni Erbs.
 
O atleta de Santa Catarina Marcos Zanghelline conquistou o ouro no K1 Master Clássico e Sprint, Epifânio Oliveira terminou a prova Clássica na segunda posição e no Sprint foi o terceiro colocado. Wilson Hiroshi, do Mato Grosso do Sul, faturou a prata na prova Clássica e Wilson Volz foi o segundo colocado no Sprint Masculino Master. Na categoria Turismo o carioca Marlon Silva foi o vencedor da prova Clássica, com o sul-mato-grossense Joaquim Gabriel Neris em segundo e o paulista Renato Pinheiro faturando o bronze. Na prova de Sprint o pódio teve alterações em relação ao da Clássica, mas dois atletas garantiram a segunda medalha da competição: Joaquim Gabriel Neris conquistou o ouro, Eder Tulio ficou com a prata e Renato Pinheiro conquistou sua segunda medalha de bronze do Brasileiro.
 
Nas provas de Dupla Mista também houve alternância de posições, enquanto na prova Clássica Franscislei Fagundes e Wilson Volz garantiram o ouro, Rafael Girotto e Luiza Miranda a prata e Gustavo Miranda e Barbara Marinho o broze; no Sprint a dupla Franscislei Fagundes e Wilson Volz se manteve na primeira colocação, Gabrieli Trindade e Renato Fritz ficaram em segundo lugar e Rafael Girotto e Luiza Miranda conquistaram a medalha de bronze.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook