Patrick Teixeira vence e fica mais próximo da disputa do cinturão mundial

Pugilista brasileiro Patrick Teixeira vence por decisão unânime dos juízes   / Foto: ReproduçãoPugilista brasileiro Patrick Teixeira vence por decisão unânime dos juízes / Foto: Reprodução

EUA - O pugilista brasileiro Patrick Teixeira está cada vez mais próximo da disputa do cinturão mundial da categoria super meio médio – 69,805 kg. Na noite deste sábado (1º), em Índio, na Califórnia/EUA, ele venceu - por decisão unânime dos juízes - o jamaicano Nathaniel Gallimore, décimo colocado do ranking do Conselho Mundial de Boxe (World Boxing Council - WBC). O atleta catarinense dominou os oito rounds e sempre teve a iniciativa de combate, “soltando” a sua potente canhota. 
 
O terceiro assalto foi o de maior domínio, com dois golpes diretos bem encaixados. Agora, Patrick soma 29 vitórias, 22 por nocaute, e apenas uma derrota, e deve melhorar sua posição no ranking. Ele é o atual número 10 da Organização Mundial de Boxe (World Boxing Organization - WBO) e o 31º da WBC, onde deve passar a figurar também entre os top 10. 
 
“Espero que em uma ou duas lutas mais, eu tenha a oportunidade de disputar o título mundial”, vibrou o lutador, após a vitória. “Estou sempre querendo melhorar, para conseguir o título ou estar no topo do ranking”, falou Patrick, que está com 27 anos e é contratado da IBG (International Boxing Group) e da Golden Boy Promotions, de Oscar De La Roya.
 
A preparação do boxeador nascido em Sombrio, extremo sul de SC, foi feita em Oxnard, também na Califórnia, com os técnicos Edson Xuxa do Nascimento, auxiliado por José Davi, e Cicilio Flores. A equipe, que também conta com Patrick Nascimento, como manager, deve permanecer nos Estados Unidos, se preparando para um próximo combate. 
 
O adversário desta noite subiu ao ringue com um cartel de 20 vitórias, sendo 17 por nocaute, duas derrotas e um empate.  
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook