Esquiva Falcão ganha por nocaute no 1º round e garante revanche olímpica

Combate em Carson / Foto: Flávio Perez | On Board SportsCombate em Carson / Foto: Flávio Perez | On Board Sports

Estados Unidos - O boxeador Esquiva Falcão derrotou, neste sábado, dia 10, o francês Salim Larbi por nocaute técnico no primeiro assalto, faltando 51 segundos para fim do round. A luta da categoria dos médios (até 72,5 kg) foi realizada no StubHub Center, em Carson, nos Estados Unidos.
 
Logo no início, o brasileiro acertou dois golpes na linha de cintura do francês, que sentiu a mão esquerda pesada de Esquiva Falcão. O adversário do capixaba teve uma queda, mas não resistiu a mais uma investida e o árbitro encerrou o combate.
 
''Fiz o que estava programado. Lógico que não esperava acabar logo no começo, mas vi que poderia nocautear e fui pra cima dele'', contou Esquiva Falcão.
 
Após confirmar sua 20ª vitória como profissional com certa facilidade, o capixaba ganhou o direito de palco de lutar pelo título mundial da World Boxing Organization (WBA) contra o japonês Ryota Murata, algoz do brasileiro na polêmica final olímpica de Londres 2012.
 
''Agora vou buscar o que é meu. O cinturão da WBA e a medalha olímpica de ouro de 2012. Estou muito feliz pelo resultado e pela forma agressiva que lutei'', disse o brasileiro. 
 
A Top Rank, que promove as lutas de Esquiva Falcão, deve oficializar para o mês de julho o combate valendo o cinturão da WBA. O duelo será em Las Vegas, nos Estados Unidos.
 
''Agora é esperar o combate do Murata em abril e confirmar oficialmente a luta pelo título. Hoje fiquei muito contente pela luta e tenho certeza, de uma vez por todas, que estamos preparados'', disse Sérgio Batarelli, manager de Esquiva Falcão.
 
Agora no profissional, Esquiva Falcão tem 20 lutas e 13 nocautes. O capixaba segue invicto na carreira.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook