Confronto das duas melhores equipes foi destaque da LBF no fim de semana

Ariadna voltou a ter atuação decisiva / Foto: Fábio Leoni/Vera Cruz CampinasAriadna voltou a ter atuação decisiva / Foto: Fábio Leoni/Vera Cruz Campinas

São Paulo - As duas melhores equipes da temporada fizeram duelo antecipado de playoff. Dono da melhor defesa do campeonato, o Sampaio Basquete dominou boa parte do quarto decisivo e esteve muito perto de quebrar a invencibilidade do Vera Cruz Campinas, mas sofreu com a eliminação de Briahanna Jackson no minuto final e errou nas posses de bola decisivas.
 
No fim, vitória do líder do campeonato por 70 a 63, no ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP).
 
Atuando durante os 40 minutos, a cubana Ariadna foi a cestinha do encontro com 23 pontos e mais de 50% aproveitamento geral. Pelo Sampaio, Jackson teve 19 pontos antes de ser ejetada a menos de um minuto do fim.
 
A vitória foi a 16ª da temporada e fez com que o Vera Cruz Campinas terminasse a primeira fase invicto, tornando-se a terceira equipe na história da LBF CAIXA a conquistar o feito, registrado em 2012 por Americana e 2013 pelo campeão invicto Sport Recife.
 
"O time deixou tudo em quadra, não deixamos de acreditar e cada uma contribuiu para mais essa vitória", disse Melisa Gretter, que roubou uma das bolas decisivas no minuto final.
 
"A gente vem crescendo em vários aspectos como equipe, mas falta amadurecer um pouquinho nesses momentos decisivos, temos que agir com total intensidade e seguir o que deve ser feito", resumiu Ega, pivô do Sampaio.
 
No próximo final de semana, o Sampaio Basquete encerra a primeira fase no ABC paulista, contra São Bernardo/Brazolin/Unip, dia 20, e Santo André/Apaba, dia 22. O Vera Cruz Campinas agora aguarda o fim da primeira fase para conhecer seu adversário nas quartas de final.
 
O jogo - Melhor no começo, o time da casa abriu vantagem nos primeiros dez minutos, com 16 pontos combinados entre Ariadna e a pivô Fabi, que anotou todos os seus 7 pontos no período. O Sampaio ajustou a defesa no segundo quarto e permitiu apenas 6 pontos do melhor ataque do campeonato. Com 46% de aproveitamento no ataque, passou à frente e foi ao intervalo ganhando por 31 a 29.
 
No segundo tempo, as equipes alternaram bastante a liderança. Babi e Jackson foram as principais pontuadoras do terceiro período, que terminou com vantagem do time da casa por um ponto.
 
O último período trouxe um Sampaio muito consistente, que liderou por 7 dos 10 minutos e tinha seis de vantagem a um e dez do fim. A equipe maranhense parecia se encaminhar em decretar o primeiro revés campineiro. Mas faltando 55 segundos, a arbitragem viu falta de Jackson em Gretter em disputa de rebote, eliminando a norte-americana da partida com a quinta penalidade. Sem sua principal armadora para o fechamento do jogo, o Sampaio teve dificuldades em capitalizar as posses e viu o Vera Cruz Campinas roubar duas bolas e fechar a partida por 70 a 63.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook