Pinheiros reage, mas perde para o Vasco pelo NBB

Equipe virou o jogo após vantagem vascaína de 19 pontos / Foto: Ricardo Bufolin/ECPEquipe virou o jogo após vantagem vascaína de 19 pontos / Foto: Ricardo Bufolin/ECP

São Paulo - O público compareceu ao Ginásio Henrique Villaboim neste sábado, dia 3 de fevereiro, na esperança de empurrar o Pinheiros para a segunda vitória seguida em casa. O Pinheiros mostrou poder de reação ao virar o jogo após vantagem do Vasco de 19 pontos, mas acabou superado por 76 a 72 e caiu para a sétima colocação no NBB Caixa. A chance de recuperação será na quarta-feira, dia 7, contra o Campo Mourão (13º) no Paraná.
 
O técnico Cesar Guidetti apontou o motivo da falha do Pinheiros. ”A reação foi importante, mas não adiantou. Temos de começar o jogo de forma diferente. No primeiro tempo eles abriram no placar com muita facilidade. Isso não pode acontecer”, cobrou o treinador pinheirense.
 
Arthur e Holloway marcaram 16 pontos, enquanto Lupa, além de dez pontos foi o líder do time em assistências, com oito acertos. “Tivemos grande apoio da torcida, o que nos motivou bastante, mas é difícil ficar sempre correndo atrás do placar. Gostei da minha atuação, mas estaria bem mais satisfeito com a vitória. Vamos busca-la em Campo Mourão”, afirmou o pivô Lupa.     
 
O jogo - O jogo começou eletrizante, com elevado aproveitamento nos arremessos por parte dos dois times. O Vasco acertou quatro cestas de três pontos, contra três do Pinheiros, as três de Holloway. A partida seguiu equilibrada, ponto a ponto, até 13 a 13. Comandado por Nezinho e Giovannoni, o Vasco fechou o primeiro quarto com 24 a 17.
 
Na volta para o segundo quarto, o técnico Cesar Guidetti manteve em quadra, Ruivo, Gui Bento e Ansaloni, que já haviam entrado no final do quarto anterior. O Pinheiros teve dificuldades diante da forte marcação individual do Vasco, enquanto o time carioca manteve a eficiência tanto nos arremessos de três, como de dois pontos, para ir para o intervalo com 44 a 28.
 
O Pinheiros retornou determinado a reduzir a diferença no placar que chegou a 19 pontos. Bennett se recuperou de um primeiro tempo discreto e ajudou o time da casa a vencer o terceiro quarto por 19 a 11, com atuações destacadas de Lupa nas assistências e de Holloway e Ware nos rebotes. A diferença em favor do Vasco caiu para 55 a 47.
 
Envolvido com a reação do Pinheiros, Lupa seguiu com grande atuação no início do quarto decisivo. O Pinheiros passou à frente pela primeira vez na partida com cesta de três pontos de Bennett: 62 a 61. Nos minutos finais a partida ficou dramática e prevaleceu a experiência vascaína, com vitória da equipe do Rio de Janeiro por 76 a 72.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook