Pinheiros vence Botafogo e pega Vasco neste sábado pelo NBB

Com 24 pontos de Holloway, Pinheiros se reabilita e volta a ganhar / Foto: Ricardo Bufolin/ECPCom 24 pontos de Holloway, Pinheiros se reabilita e volta a ganhar / Foto: Ricardo Bufolin/ECP

São Paulo – Na primeira partida do ano no Ginásio Henrique Villaboim, o Pinheiros fez prevalecer a condição de dono da casa. Venceu o Botafogo por 80 a 77 na noite de ontem, dia 1 de fevereiro, e manteve a sexta colocação no NBB Caixa. Em menos de 48 horas, o time retornará à sua quadra para tentar a segunda vitória consecutiva neste sábado, dia 3, às 17h, contra outro adversário carioca, o Vasco da Gama, atual 11º colocado.
   
A sensação do time e da comissão técnica foi de alívio. O Pinheiros quebrou uma sequência negativa de cinco jogos. “O mais importante foi a vitória, não importa o placar. Jogamos bem em três quartos e decaímos no último. A confiança voltou e vamos pensar no Vasco, um grande time com excelentes jogadores, mas vamos lutar pela vitória”, assegura o técnico Cesar Guidetti.
 
O norte-americano Holloway foi o cestinha da partida com 24 pontos, ao lado do botafoguense Gabriel, líder nos rebotes com 12 acertos e o mais eficiente nas assistências, com seis bolas, assim como Jamaal. “Fico feliz com os números, mas são bem menos importantes do que a vitória. Precisamos melhorar a defesa para sábado porque não fomos bem no segundo tempo”, considerou Holloway.
 
O jogo - O Pinheiros iniciou o jogo com Bennett, Ware, Lupa, Holloway e Artur e conseguiu impor velocidade ao ataque com intensa movimentação da equipe conforme estabelecido nos treinos da semana por Guidetti. O ala Holloway determinou o ritmo de jogo desde o início e o Pinheiros venceu o primeiro quarto por 22 a 16.
 
No começo do segundo quarto o Pinheiros abriu dez pontos e o treinador optou por utilizar quase todos os atletas. O Botafogo ameaçou reagir, mas o Pinheiros manteve a liderança no placar para fechar o primeiro tempo com 43 a 33. Holloway encerrou a etapa como o mais eficiente do jogo em pontuação, rebotes e assistências.
 
O segundo tempo começou quente. Artur fez a primeira cesta de três pontos para o Pinheiros. Em seguida, Ware e Jamaal se desentenderam e trocaram empurrões. O Botafogo foi punido com falta técnica e o pivô pinheirense, excluído do jogo, sendo substituído pelo armador Ruivo. O clima na quadra ficou tenso, acirrando os ânimos entre os jogadores. O Pinheiros ampliou a vantagem para 65 a 52.
 
No quarto decisivo o Pinheiros retornou à quadra com Ruivo, Gui Bento, Holloway, Lupa e Ansaloni. O jogo seguiu disputado e truncado, com a arbitragem intercedendo em vários momentos para conter as jogadas mais intensas. O Botafogo utilizou com sucesso os arremessos de três pontos, com cinco acertos de Gabriel. O time carioca encostou no placar, mas o Pinheiros se reencontrou com a vitória após cinco rodadas: 80 a 77. 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook