Pinheiros vence o Vasco e carimba o passaporte para as quartas de final

Após seis disputas consecutivas, o duelo entre paulistas e cariocas terminou nesta segunda (17), com o Pinheiros levando a melhor por 93 x 82 / Foto: Ricardo Bufolin/ECPApós seis disputas consecutivas, o duelo entre paulistas e cariocas terminou nesta segunda (17), com o Pinheiros levando a melhor por 93 x 82 / Foto: Ricardo Bufolin/ECP

São Paulo - Após fazer uma campanha sólida durante esta nona temporada do NBB CAIXA (2016/2017), onde teve mais de 57% de aproveitamento, vencendo 16 jogos de 28 e classificando-se na oitava posição, o Pinheiros avançou para os playoffs travando uma grande batalha contra a equipe do Vasco da Gama.
 
E neste primeiro desafio das oitavas de final, somente após o quinto jogo, disputado nesta segunda-feira (17), que o time paulista garantiu seu terceiro resultados positivo, garantindo o “melhor de cinco” e passando para a próxima fase.
 
Coincidentemente, foi exatamente contra o Vasco que os pinheirenses fizeram seu último jogo da fase classificatória e mesmo que os adversários tenham levado a melhor na ocasião (Pinheiros 72x81 Vasco), o Pinheiros classificou-se em oitavo e o Vasco ficou com a nona posição. Com o resultado ficou definido que os dois elencos teriam novamente um ao outro como adversário nas oitavas de final.
 
Desta forma, no total foram uma sequência de seis jogo, onde paulista e cariocas mantiveram o equilíbrio com três resultados positivos para cada lado, protagonizando grande partidas. O último jogo, que aconteceu na noite de ontem no Ginásio Henrique Villaboim, era o mais importante da série, pois daria ao vencedor a vaga para a próxima fase. E contando com a ajuda da torcida, o Pinheiros não deixou por menos, fazendo uma grande partida e saindo vitorioso.
 
Em sua segunda temporada comandando a equipe do Pinheiros, o técnico César Guidetti faz a sua avaliação. “Tem sido um campeonato muito equilibrado e nós sabiamos que o playoff não ia ser diferente. Conseguimos nesta primeira fase trazer a vantagem de decidir em casa e sabíamos que isso era muito importante. A cima de tudo eu queria exaltar o grupo, a dedicação e o trabalho de defesa, que nós melhoramos bastante da fase de classificação para cá”.
 
Desde o início já foi possível perceber que este último confronto entre paulistas e cariocas seria extremamente acirrado. O Pinheiros não poderia ter iniciado de melhor forma, abrindo o placar com uma cesta de 3 pontos do americano Corderro Bennett. O Vasco, no entanto, conseguiu reverter o resultado já no final do primeiro quarto, terminando com uma pequena vantagem (22x23). O Pinheiros não se deixou abater e mantendo o ritmo, tomou as rédeas da situação e dominou não só o segundo tempo da partida, como ficou com a vitória, por 93x82 (outras parciais: 21x14; 30x23; 20x22).
 
Dando um show à parte - Sagrando-se como maior pontuador do Pinheiros e um dos maiores nesta edição do NBB CAIXA, o camisa 22 do Pinheiros, o norte-americano Holloway, mais uma vez fez história, após ter uma atuação impecável e marcar 36 pontos na partida. Com a marca além de ter garantido a maior marca em um “Jogo 5” da história dos playoffs, ele igualou o recorde de pontos, que até então tinha sido atingido pelo Davi Rossetto, do Solar Cearense, na fase classificatória.
 
“O Holloway é um jogador acima da média, nós sabemos que ele vai ser caçado todos os jogos e temos conversado com ele sobre isso, que as vezes ele precisa alternar o jogo dele, finalizar e passar. Hoje ele entendeu bem isso, mas sem perder a agressividade e a responsabilidade de fazer os pontos”, comenta Guidetti.
 
Outras peças fundamentais para a vitória contra o Vasco, foram o capitão do time Teichmann, que contribuiu com 11 rebotes e o ala/armador Neto, que deu seis assistências. Os dois formam a dupla pinheirense mais experiente desta temporada, entre um elenco que conta com muitos jovens.
 
Quem também se destacou durante a partida como um “sexto elemento” em quadra, foi a torcida. Com a arquibancada cheia e vibrando a cada jogada, os torcedores motivaram ainda mais o time de casa a correr atrás da vitória. Agora o Pinheiros terá pela frente outro grande desafio, protagonizando outro duelo entre paulistas e cariocas, só que desta vez contra o atual tetracampeão Flamengo.  O primeiro jogo da série das quartas de final, já é na próxima sexta-feira (21), novamente no Ginásio Henrique Villaboim, com início previsto para as 21h.
 
“Agora é comemorar um pouco, descansar um dia e já voltar com tudo contra o Flamengo. A comissão técnica inteira já começa a pensar a partir de amanhã na equipe do Flamengo. Até este momento pensávamos exclusivamente nos playoffs, então agora é virar a página e fazer bons jogos. Acho que a Liga está equilibrada, o Flamengo é um grande time, tetracampeão, terminou em primeiro, está esperando a gente um pouco mais descansado, se preparando, assistindo os jogos, mas o nosso time tem se superado. Eu acredito bastante no poder de superação e de fazer uma séria muito dura contra o Flamengo”, completa o técnico ao final da partida.
 
1

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook