IVCL Orcampi terá 14 atletas no Campeonato Ibero-Americano de Trujillo

Juliana de Menis Campos, do salto com vara  / Foto: Osvaldo F./ContrapéJuliana de Menis Campos, do salto com vara / Foto: Osvaldo F./Contrapé

Campinas - O IVCL Orcampi terá 14 atletas na seleção brasileira de atletismo que disputará o Campeonato Ibero-Americano, em Trujillo, no Peru. A delegação do Brasil chegou na quarta-feira na cidade-sede da competição e as provas serão realizadas de sexta a domingo (24 a 26/8/2018) - acesse o programa-horário, lembrando que Trujillo tem duas horas a menos em relação ao horário oficial de Brasília.
 
O Ibero é a segunda competição da temporada em que os atletas defenderão a seleção brasileira - a primeira disputa foi os Jogos Sul-Americanos, realizados em Cochabamba, na Bolívia, em junho. 
 
Dentre os representantes do IVCL Orcampi no Peru estão atletas que conseguiram bons resultados em competições nacionais e internacionais durante a temporada. Um dos destaques é a Vitória Rosa, de 22 anos, que vai disputar os 100 m e os 200 m. Treinada por Katsuhico Nakaya, a velocista melhorou seus recordes pessoais nas duas provas neste ano: tem 11s03 nos 100 m (marca obtida em julho, na cidade espanhola de Guadalajara) e 22s87 nos 200 m (conquistado em Cochabamba).
 
Fernanda Borges é top 10 no ranking mundial do lançamento do disco, com o resultado que também é seu recorde pessoal: alcançou os 64,37 m no Desafio Brasil, disputado em julho, na cidade de Bragança Paulista. Aos 30 anos, a atleta treinada por João Paulo Alves da Cunha tem feito a melhor temporada da carreira, lançando regularmente acima dos 60 metros, e é a 9ª melhor do mundo na prova.
 
Outro destaque da equipe é Juliana de Menis Campos, do salto com vara. Treinada por Elson Miranda, a atleta de 21 anos está em seu primeiro ano na categoria adulta. Na temporada, bateu três vezes o recorde brasileiro sub-23 - a marca atual é 4,56 m, obtida no Memorial Jose Antonio Cansino, em Castellón (ESP), em junho. O resultado é o segundo melhor do Brasil na história da modalidade, atrás do recorde sul-americano de Fabiana Murer (4,87 m, de 2016).
 
"Estou em condições de saltar bem em todas as competições. Espero manter um padrão, saltando perto dos 4,50 m", disse a atleta, que ainda tem na sua programação a disputa do Troféu Brasil e do Sul-Americano Sub-23, em setembro.
 
Juliana disputou sua primeira competição internacional adulta com a seleção em Cochabamba. O Ibero é uma segunda etapa na preparação e na busca do sonho de participar do Mundial de Doha e dos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, e da Olimpíada de Tóquio, em 2020. "Foi diferente disputar os Jogos Sul-Americanos porque é uma competição adulta e os atletas têm objetivos maiores - estar entre eles foi um objetivo alcançado. Nas categorias de base, a gente nunca sabe o que vai acontecer, existe uma distância muito grande de nível entre o juvenil e o adulto. No Ibero, vou encontrar atletas que ainda não enfrentei, como as cubanas e as espanholas."
 
Márcio Teles tem grande expectativa para a disputa do Ibero - na edição passada, em 2016, no Rio, ficou em quarto lugar e agora espera alcançar o pódio. O atleta de 24 anos, especialista nos 400 metros com barreiras, também tem como objetivo voltar a correr na casa dos 48 segundos ainda este ano. Seu recorde pessoal, 48s94, é de 2017. Neste ano, o barreirista treinado por Evandro Lázari tem como melhor marca o resultado de 49s09, obtido no Meeting de La Chaux-de-Fonds (Suíça), em julho.
 
Além dos 14 atletas, o IVCL Orcampi também estará representado em Trujillo com os treinadores João Paulo Alves da Cunha (técnico-chefe da equipe brasileira), Katsuhico Nakaya, Marcelo Lima, Ricardo D'Angelo e Edemar Alves dos Santos, além do fisioterapeuta Vitor Stefanini.
 
Confira os atletas da Orcampi Unimed que estarão no Ibero-Americano:
 
- Alexsandro de Melo (salto em distância)
- Douglas dos Reis (lançamento do disco)
- Felipe Vinícius dos Santos (decatlo)
- Fernando Ferreira (salto em altura)
- Luiz Alberto de Araújo (decatlo)
- Márcio Teles (400 m com barreiras)
- Thiago do Rosário André (800 m e 1.500 m)
- Fernanda Borges (lançamento do disco)
- Juliana de Menis Campos (salto com vara)
- Mariana Marcelino (lançamento do martelo)
- Rayane Amaral Santos (100 m com barreiras)
- Tatiane Raquel da Silva (3.000 m com obstáculos)
- Valdileia Martins (salto em altura)
- Vitória Rosa (100 m e 200 m)
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook