Andressa de Morais ficou em 4º lugar em Paris

Andressa de Morais / Foto: Wagner Carmo/CBAtAndressa de Morais / Foto: Wagner Carmo/CBAtParis - A paraibana Andressa de Morais (Pinheiros) obteve o melhor resultado entre os brasileiros no Meeting de Paris, disputado neste sábado, dia 30, válido pelo Circuito da Liga Diamante da IAAF, a Associação Internacional das Federações de Atletismo. Andressa, recordista sul-americana, terminou em quarto lugar na prova do lançamento do disco, com 62,93 m.

 
A croata Sandra Perkovic, campeã olímpica e mundial, confirmou o favoritismo e ganhou a prova, com 68,60 m, seguida das cubanas Yaimé Perez (66,55 m) e Denia Caballero (63,23 m).
 
Nos 100 m, Paulo André de Oliveira (Pinheiros) ficou em sétimo lugar na final B dos 100 m, com 10.30 (1.2). O ouro foi para Abdullah Abkar Mohammed, da Arábia Saudita, com 10.03.
 
No salto triplo, Nubia Soares (Orcampi Unimed) terminou na sétima colocação, com 13,94 m (1.7). A colombiana Caterine Ibarguen, de tantos títulos, confirmou o favoritismo, com 14,83 m (0.1).
 
Já Thiago André (Orcampi Unimed), finalista no Mundial de Londres 2017, ficou em nono lugar nos 800 m, com 1:45.59. A vitória foi do queniano Ferguson Cheruiyot, com 1:43.73.
 
No salto com vara, o campeão olímpico Thiago Braz (Pinheiros), que se recupera de uma contusão no pé, não foi bem. Terminou em 11º lugar, com 5,45 m. O norte-americano Sam Kendricks foi o grande vencedor, com 5,96 m.
 
No Campeonato Autonômico de Palencia, na Espanha, mais cinco brasileiros competiram neste sábado. Vitória Cristina Rosa (Orcampi Unimed) venceu os 100 m e os 200 m, com os tempos de 11.50 (0.2) e 24.14 (0.5), respectivamente.
 
No masculino, deu dobradinha brasileira nos 100 e nos 200 m. Vitória de Aldemir Gomes Junior (Pinheiros) nos 100 m, com 10.45 (-0.7), e nos 200 m, 20,47 (-0.3). Derick Souza ficou em segundo nos 100 m (1046) e nos 200 m (20.68).
 
No salto com vara, nova vitória do Brasil. Juliana de Menis Campos (Orcampi Unimed) ganhou o ouro, com 4,06 m. A espanhola Andrea San Jose Lopez ficou com a prata, com 3,96 m.
 
Nos 1.500 m, Altobeli Santos da Silva (Pinheiros) ficou em segundo lugar, com 3:48.95. Ele foi superado na final pelo espanhol Daniel Arce Ibañaez, com 3:48.46.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook