Destaques da terceira etapa do Brasileiro Sub-23

Walace Caldas vence os 3.000 m com obstáculos e os 5.000 m em Porto Alegre / Foto: Fernanda Davoglio/CBAtWalace Caldas vence os 3.000 m com obstáculos e os 5.000 m em Porto Alegre / Foto: Fernanda Davoglio/CBAt

Porto Alegre - O paulista Walace Evangelista Caldas (Pinheiros-SP) foi um dos destaques da terceira etapa na manhã deste domingo (dia 29) do Campeonato Brasileiro Caixa Sub-23 de Atletismo, que começou a ser disputado neste sábado (28), no Estádio José Carlos Daudt, na Sogipa, em Porto Alegre (RS).
 
Ele conquistou a segunda medalha de ouro na competição ao vencer os 5.000 m, com 14:29.96, melhorando o seu recorde pessoal que era de 14:38.69. No sábado, já havia ganhado os 3.000 m com obstáculos, com 8:57.16, também melhorando sua marca pessoal (8:59.82).
 
“Esticamos um pouco a temporada por causa deste campeonato e estou muito feliz com os resultados”, comemorou Walace, de 19 anos, nascido na cidade de São Joaquim da Barra, que há duas semanas passou a treinar com Clodoaldo Lopes do Carmo no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), da Confederação Brasileira de Atletismo, em Bragança Paulista (SP). “A estrutura é excelente e vai me ajudar muito”, concluiu o campeão sul-americano sub-20 dos 3.000 m com obstáculos em Georgetown, na Guiana, em junho passado.
 
Os catarinenses Jonatan Chaves Rodrigues (UCA-SC) e Leticia Oro Melo (Corville-SC) também subiram pela segunda vez no lugar mais alto do pódio em provas individuais. Jonatan, campeão dos 100 m, venceu também os 200 m, com 21.13 (-1.3), enquanto Letícia, ganhadora do triplo, ficou em primeiro também no salto em distância, com 5,93m (1.7).
 
“Senti um pouco de desconforto muscular por causa da sequência de provas, mas estou extremamente feliz”, disse Jonathan, que fez parte da equipe campeã também do revezamento 4x100 m. “Agora só faltam os Jogos Abertos de Santa Catarina, em Lages, para fechar a temporada”, comentou.
 
No lançamento do dardo, o amazonense Paulo Henrique Nunes Rodrigues (ELJINN-AM) confirmou o favoritismo e venceu a prova, com 69,91 m. Considerado uma grande promessa da especialidade, ele está no início de treinamento para a temporada 2018, quando seu grande objetivo será o Mundial Sub-20 da Finlândia, em julho.
 
“Vou fazer outras competições antes, mas o foco certamente será o Mundial”, afirmou o campeão, ouro no Sul-Americano Sub-20 de Georgetown e no Pan-Americano Sub-20 de Trujillo, no Peru, que mantém a tradição do dardo do Amazonas. Paulo Henrique é sobrinho de Jander Cardoso Nunes, um dos expoentes da modalidade do Estado. “Meu tio é minha grande inspiração.”
 
Nos 200 m feminino, a campeã foi a maranhense Lia Raquel Carvalho (Atlética-PI), com 24.38 (2.1). “Estou bem treinada e esperava brigar pela vitória”, disse a atleta, nascida em Timon, cidade que faz divisa com o Piauí, por onde compete. “É uma medalha de ouro muito importante para o meu clube”, comemorou a corredora, que ganhou bronze nos 400 m.
 
Os 20.000 m marcha atlética abriram a terceira etapa da competição. A gaúcha Carolina Fontoura Moreno (Sogipa-RS) e o brasiliense Jardel Jeronimo dos Santos (CASO-DF) foram os vencedores, com os tempos de 1:51:03.35 e 1:48:24.37, respectivamente.
 
Carolina, de 20 anos, decidiu investir tudo na carreira de marchadora e há três anos mora em Guadix, perto de Granada, na região de Andaluzia, na Espanha. Ela treina num dos centros mais respeitados do mundo, comandado por Daniel Jacinto Garzón.
 
“Treino junto com vários atletas olímpicos e o objetivo é crescer aos poucos com a sequência de treinos”, disse Carolina, que estabeleceu seu recorde pessoal na pista com 1:51:03.35. Em provas de rua, a sua melhor marca é de 1:57:57,obtida em junho passada, em La Coruña, na Espanha. “Quero seguir os passos da Erica (Erica Rocha de Sena) e me tornar uma referência na marcha no Brasil”, completou.
 
Já Jardel tem outro ídolo e bem mais perto. Ele treina ao lado de Caio Bonfim, ganhador da medalha de bronze no Campeonato Mundial de Londres, em agosto, em Sobradinho (DF). “Ele conversa sempre com a gente e procura passar a sua grande experiência internacional”, contou Jardel, de 18 anos, que tem este ano 1:46:55.8 como melhor tempo na pista. “No ano que vem, quero lutar por uma medalha no sub-20 da Copa Brasil Caixa de Marcha Atlética”, disse.
 
Após três etapas disputadas, a liderança na classificação geral prossegue com a FECAM-PR, com 111 pontos. A UCA-SC ocupa a segunda colocação, com 95, seguida de Vasco da Gama-RJ, com 90, Pinheiros-SP, com 79, e Sogipa-RS, com 68 pontos.
 
A competição termina na tarde deste domingo, com a disputa das últimas 13 finais, a partir das 14:30. O evento, iniciado no sábado pela manhã, reúne 472 atletas de 79 clubes, representando 16 Estados e o Distrito Federal.
 
Pódios da 3ª etapa
 
20.000 m marcha atlética
1-Carolina Fontoura Moreno (Sogipa-RS) – 1:51:03.35 
2-Thaiz Pereira da Costa (CASO-DF) – 1:59:03.36
 
20.000 m marcha atlética
1-Jardel Jeronimo dos Santos (CASO-DF) – 1:48:24.37
2-Paulo Cesar Bestel Blum (PM Colombo-PR) – 1:53:03.62
3-Luan Ricardo Santos (CASO-DF) – 1:54:50.29
 
5.000 m
1-Wallace Evangelista Caldas (Pinheiros-SP) – 14:29.96
2-José Alves da Silva Junior (LUASA-SP) – 15:02.58
3-Welerson Rafael Nascimento (Vasco da Gama-RJ) – 15:05.49
 
Arremesso do peso
1-Valdivino Vinicios dos Santos (FAE-SP) – 17,20 m
2-Welington Silva Morais (Pinheiros-SP) – 16,85 m
3-Saymon Rangel Hoffmann (Sogipa-RS) – 16,23 m
 
Salto em distância
1-Leticia Oro Melo (Corville-SC) – 5,93m (1.7)
2-Andriele Raiana Zander (Mampituba-SC) – 5,77 m (-2.8)
3-Elen Camilo Vasconcelos (FECAM-PR) – 5,75 m (-1.4)
 
Lançamento do dardo
1-Paulo Henrique Rodrigues (ELJINN-AM) – 69,91 m
2-Bruno Rodrigues Farias (LUASA-SP) – 64,20 m
3-Francisco Kaio da Costa (CT Piauí-PI) – 62,37 m
 
Salto em altura
1-Thiago Julio Alfano Moura (Orcampi Unimed-SP) – 2,15 m
2-Claudio Costa da Silva (AFEPOL-ES) – 2,08 m
2-Jorge Luís da Graça (ACA-SC) – 2,08 m
 
200 m (-1.3)
1-Jonatan Chaves Rodrigues (UCA-SC) – 21.13
2-Rafael Henrique Pereira (Clã Delfos-MG) – 21.70
3-Tulio Pinheiro de Oliveira (AABB-RN) – 21.87
 
200 m (2.1) 
1-Lia Raquel Carvalho (Atlética-PI) – 24.38
2-Daysiellen Atla Dias (Pinheiros-SP – 24.55
3-Anny Caroline de Bassi (Balneário Camboriú-SC) – 24.56
 
Mais informações, como participantes e programa horário, acesse o hotsite da competição:
http://www.cbat.org.br/competicoes/brasileiro_sub23/2017/default.asp
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook