Justin Gatlin conquista o bicampeonato do Mano a Mano

Paulo André de Oliveira ficou em segundo lugar. No feminino, Rosângela Santos confirma favoritismo e leva o tricampeonato. Evento terminou neste domingo, dia 1º, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro / Foto: Guilherme Taboada/Guilherme Ferraz/Agencia Sport Session Paulo André de Oliveira ficou em segundo lugar. No feminino, Rosângela Santos confirma favoritismo e leva o tricampeonato. Evento terminou neste domingo, dia 1º, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro / Foto: Guilherme Taboada/Guilherme Ferraz/Agencia Sport Session

Rio de Janeiro - Aos pés do Cristo Redentor, debaixo de sol forte e com apoio da torcida, o velocista Justin Gatlin fez bonito neste domingo, dia 30, e com 10s52, não deu chances para seus adversários e faturou o bicampeonato do Desafio Mano Mano –  disputa de 100m realizada em uma pista montada no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro.
 
O atleta esbanjou simpatia, brincou com o púbico, correu com as bandeiras do Brasil e Estados Unidos e ainda dançou. Paulo André foi segundo colocado com 10s57. Nas outras provas do dia, vitórias da recordista sul-americana (100m) Rosângela Santos, no feminino; e de Petrucio Ferreira, na prova paralímpica.
 
“Fiquei muito feliz em competir no Mano Mano. Adoro este evento. É sempre bom retornar ao Rio de Janeiro. Estou muito empolgado com todas conquistas. Para o futuro, sigo treinando firme. Quero chegar bem no Mundial em 2019 e buscar uma medalha de ouro nos Jogos de Tóquio, em 2020”, finaliza Justin Gatlin.
 
Justin Gatlin cruzou a linha de chegada em 10s52 numa final apertada contra o brasileiro Paulo André que ficou com a segunda colocação (10s57), seguido pelo americano Isiah Young (10s65), e o Bruno Lins (10s80). Na prova feminina, a brasileira Rosângela terminou a prova com o tempo de 11s63. Com a vitória, a velocista carimba a marca de tricampeã do Desafio Mano a Mano. Andressa Fidelis ficou em segundo (12s13), seguida por Franciela Krasucki (12s80).
 
“Eu tive apenas uma semana de férias depois do Mundial de Londres, comecei a treinar e fiz uma mudança nos meus treinos para vir competir aqui. O Mano a Mano é uma competição que eu adoro, muito importante pra mim. É uma oportunidade única de estar no Brasil, ver minha família. Muito bom vencer nesse dia lindo, gratificante demais”, declara Rosângela Santos.
 
Na categoria paralímpica, o velocista Petrucio Ferreira continua imbatível. O atual campeão mundial e ouro nos Jogos Rio 2016 dos 100m T45-47 venceu a prova com folga, com o tempo de 11s06. O segundo lugar ficou com o compatriota Yohansson Nascimento (11s20) e o terceiro com o polonês Michael Durus (11h34). A prova foi um repeteco do pódio conquistado no Mundial de Atletismo de Londres, disputado em julho desse ano.
 
“Achei muito legal participar desse evento. Esse visual do Cristo Redentor é demais. Foi um grande presente correr com essa vista maravilhosa. Estou feliz pelo bom resultado, ainda mais por ter corrido ao lado do Yohansson”, empolga-se Petrucio Ferreira.
 
Resultados Mano a Mano 2017
 
Masculino
 
1º- Justin Gatlin – 10s52
2º- Paulo André de Oliveira – 10s57
3º- Isiah Young – 10s65
4º- Bruno Lins – 10s80
 
Feminino
 
1º- Rosângela Santos – 11s63
2º- Andressa Fidelis – 12s13
3º- Franciela Krasucki – 12s80
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook